2020/10/28

Apple prepara pesquisa própria para dispensar Google

A Apple parece estar a aceleração de um sistema de pesquisa próprio, que lhe permita dispensar a necessidade da Google.

Nas últimas semanas tem-se assistido a um aumento significativo da actividade do Applebot a percorrer sites na web, demonstrando que esse projecto da Apple deve ter passado a ter maior prioridade - potencialmente relacionado com as diversas investigações anti-monopólio que a Google está a enfrentar em variados países.

Aliás, no iOS 14 já há partes do sistema que apresentam resultados usando um serviço de pesquisa da Apple, o que também já será indicador das suas intenções. E se pode parecer loucura imaginar a Apple a criar uma pesquisa que rivalize com a Google (ou abdicar dos milhares de milhões de dólares pagos anualmente pela Google), o que é certo é que já o fez no passado para um serviço ainda mais complicado: o dos mapas - e bastaram poucos anos para esse serviço evoluir de um serviço "ridículo" para um serviço que se pode considerar de alta qualidade.

Replicar uma pesquisa de qualidade não seria mais difícil que isso, e não nos podemos esquecer que há dois anos a Apple apanhou John Giannandrea, que era o chefe da divisão de pesquisa da Google. Além disso, seria também uma área que beneficiaria de forma directa a Siri, cujas capacidades têm tido pouca (nenhuma?) evolução ao longo dos últimos anos.

Por outro lado, é preciso não esquecer que também a Apple enfrenta processos de monopólio, e implementar os seus próprios serviços também terá que ser visto sob essa perspectiva. Potencialmente, poderemos ter um iOS que seja forçado a dar opção de escolha quanto ao motor de pesquisa a utilizar, ao estilo do que já é feito dentro do próprio Safari - tal como também acontece nos Android activados na Europa, onde aparece uma janela com sugestão de motores de pesquisa alternativos.

9 comentários:

  1. Hum ... Está é a ver ameaçados os 8 a 12 mil milhões que recebe anualmente por o Google Search ser o serviço de pesquisa pré-definido no iPhone.
    O relatório do Senado dos EUA e a queixa feita pelo Governo e vários dos Estado do EUA vão nesse sentido.
    Nada como estar precavido: "Vão acabar com o monopólio da Google nas pesquisas na internet e na publicidade nas pesquisas? Está aqui o meu! (Qu'é lá isso de ter que disponibilizar outros serviços de pesquisa e não ganhar nada com isso!)"

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Temos aqui um erro Carlos,

    "Replicar uma pesquisa de qualidade não seria mais difícil que isso, e não nos podemos esquecer que há dois anos a Google apanhou John Giannandrea, que era o chefe da divisão de pesquisa da Google."

    2x google

    ResponderEliminar
  6. "E se pode parecer loucura imaginar a Apple a criar uma pesquisa que rivalize com a Google"

    Imagina o que é de repente teres 1mM de iPhones com um "Apple Search", aos quais somas iPads e Macs.
    Isso é ficares com quase 1/5 da população mundial a usar o serviço.

    Loucura? Não vejo aqui loucura nenhuma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A parte da loucura era referente à secção "... que rivalize com a Google" em termos de qualidade de pesquisa. :)

      Eliminar
    2. A pesquisa é tão boa quanto a relevância dos seus resultados forem para ti :)

      Dito isto, é preciso pensar se a pesquisa do Google realmente é assim tão bom quanto isso. Uma boa parte do conteúdo que consumo na internet é sobre IT e tecnologia em geral. Mas se quero procurar algo relacionado com sociologia (por exemplo) os resultados serão pouco relevantes para mim. Por mais que uma vez dei por mim a procurar sobre temas fora da minha "bolha" e a encontrar resultados mais relevantes no DuckDuckGO que no Google.

      Mas divagações à parte, acho que a Apple tem uma base enorme por onde começar, tanto a nível capacidade tecnológica como em penetração inicial de mercado. Depois imagina o que é 1mM de utilizadores a afinarem-te os algoritmos durante umas semanas.

      Eliminar

[pub]