2020/10/30

Netflix aumenta preços nos EUA

Os clientes Netflix nos EUA têm prenda de final de ano indesejada, com o aumento do preço nos planos Standard e Premium, deixando apenas o mais económico intocado.

Nunca é bom ver um serviço de streaming a aumentar os preços, mas é precisamente isso que volta a acontecer com a Netflix nos EUA, que já tinha feito um aumento de preço no início do ano passado. Com esta actualização de preços o plano intermédio passa de $12.99 para $13.99, enquanto o plano Premium que dá acesso aos conteúdos 4K passa dos $15.99 para os $17.99. E servindo como desculpa de que não penalizam quem tiver mais económico, esse permanecerá nos $8.99 - dando acesso a apenas um equipamento de cada vez, e com resolução "low-def".
Em Portugal os preços mantêm-se inalterados (€7.99 | €10.99 | €13.99), mas embora a Netflix diga que o aumento de preços num país não significa que haverá aumentos nos outros, essa será seguramente uma preocupação natural sempre que existem aumentos, seja lá onde for.

A Netflix fez, e continua a fazer, investimentos milionárias em produções próprias, que por enquanto lhe têm permitido enfrentar o período do Covid-19 sem problemas de falta de filmes e séries, e esse dinheiro tem que vir de algum lado (leia-se: dos clientes).

Por outro lado, e com o impacto económico do Covid-19 a deixar muitas pessoas no desemprego, este aumento chegará também na pior altura possível. Mas, é da forma que se calhar mais pessoas começam a fazer contas à vida e a pensar: e se em vez de ser só eu a pagar por um plano Premium, dividir a conta por quatro partilhando-a com alguns amigos ou familiares? E dessa forma, o aumento passa até a pesar significativamente menos na carteira ao final do mês. Ou então, pode ser sempre uma hipótese subscrever o serviço durante um mês, e depois fazer uma pausa subscrevendo outro serviço no mês seguinte, e assim sucessivamente.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]