2020/11/20

Apple e Facebook trocam acusações quanto às medidas de anti-tracking do iOS 14

A Apple abriu nova frente de batalha, desta vez com o Facebook, a propósito da nova funcionalidade que dificultará o tracking de utilizadores entre apps.

Para o iOS 14 a Apple está a preparar uma nova medida de privacidade, que impedirá que as apps possam fazer o tracking dos utilizadores noutras apps e sites se os utilizadores não derem o seu consentimento expresso. Um sistema designado por App Tracking Transparency (ATT) e cuja activação foi adiada para dar tempo aos developers para se adaptarem a essa alteração, e que o Facebook descreveu como sendo um verdadeiro apocalipse para o seu negócio.

Agora, a troca de acusações intensifica-se. A Apple diz que é possível manter a publicidade respeitando a privacidade dos utilizadores, referindo como a publicidade era antes do tempo da internet, mas que serviços como o Facebook levaram ao extremo a capacidade de seguir tudo o que os utilizadores fazem, para criar segmentos ultra-específicos que são do agrado dos anunciantes. Uma descrição muito pouco abonatória do serviço (se bem que completamente realista), e que já mereceu contra-acusações por parte do Facebook, dizendo que a Apple está apenas a querer desviar as atenções, impedindo que outros serviços obtenham informações sobre os utilizadores iOS enquanto a Apple, ela própria, vai tendo cada vez mais informações sobre eles, e reforçando o seu domínio e monopólio sobre a sua plataforma. Refere ainda que aquilo que a Apple justifica como sendo em prole da privacidade, é na verdade em favor dos seus próprios lucros, obtendo valiosa informação a que nenhuma outra empresa terá acesso.

Até pode ser que o Facebook também tenha alguma razão no que diz... mas vindo de quem vem, não me parece que tenha a mínima legitimidade para ser levado a sério. Estamos a falar da empresa que escondia que uma app de VPN era sua e a usava para saber que apps os utilizadores mais usavam, tendo assim percebido que o WhatsApp se estava a tornar numa potencial ameaça e comprando-o; para não falar em todos os escândalos com o uso abusivo dos dados que recolhem, e que potenciaram coisas como o Cambridge Analytica.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]