2020/11/10

Google Photos põe utilizadores a trabalhar de borla

Com um péssimo sentido de oportunidade a Google acha que é o momento ideal para pedir que os utilizadores do Google Photos trabalhem de borla para ajudar o seu sistema de I.A. a reconhecer as fotos.

A Google está a adicionar ao Google Photos uma opção que pede aos utilizadores que descrevam os elementos importantes de cada foto, para auxiliar o seu sistema de Inteligência Artifical de reconhecimento de fotos. A medida até poderia ter sido bem recebida, não fosse o facto de recentemente se ter descoberto que a Google se prepara para limitar algumas funcionalidades do Google Photos apenas a clientes que subscrevam os planos pagos Google One.

Ou seja, por um lado pede que os utilizadores paguem pelo serviço; e por outro ainda lhes pede que usem o seu tempo a trabalhar gratuitamente a treinar o seu sistema de inteligência artificial.

No mínimo, parece-me que seria adequado que quem contribuísse para este treino, pudesse ficar com acesso a todas as funcionalidades que a Google planeia bloquear, não?

16 comentários:

  1. A Google enganou-me bem com a 'treta' do 'do no evil"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles ja tiraram esse slogan faz alguns anos.

      Eliminar
    2. A mim também me enganaram muito bem...

      Eliminar
  2. Sem comentários... É ridículo o que se está a passar na Google.

    Perderam completamente a noção

    ResponderEliminar
  3. Mais do que ridículo, é preocupante.

    ResponderEliminar
  4. Podemos não concordar mas já há anos que recebo pedidos de ajuda do Google Photos para treinar o sistema de IA

    ResponderEliminar
  5. Bom está cada vez mais difícil de arranjar fontes/agregadores noticiosos cujos artigos não disseminem explicitamente um ponto-de-vista. E neste caso, estão ficar à vista os resultados.

    Um artigo que apresenta uma novidade interessante, ao dar uma função à PS4 que se inevitavelmente se tornaria obsoleta com a compra da PS5: 0 comentários.

    Este artigo também com uma nova funcionalidade que não afeta a utilização normal do produto, vindo da Google que há vários anos disponibiliza funções iguais de melhoramento dos seus algoritmos com contribuições da comunidade (recaptcha, reconhecimento de caras no Photos, responder a pequenas perguntas sobre POIs no Maps, etc...) leva com expressões "péssimo sentido de oportunidade", "trabalhar de borla", "até poderia ter sido bem recebida"... e já sacou uma mão cheia de comentários no mesmo tom de bota-abaixo.

    Por este andar, uma pessoa fica sem saber se está no addm ou nos velhotes dos marretas :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, desde o primeiro artigo do AadM que a "diferença" que se espera fazer é dar as notícias com a opinião - de outro modo andaríamos aqui no copy-paste dos Press Releases e notícias e seríamos iguais a todos os outros.
      Como refiro, neste caso foi mesmo um péssimo sentido de oportunidade. Não chocaria ninguém pedirem isto, como têm feito em muitos outros serviços. O que se torna de mau gosto é virem pedir este trabalho de borla numa altura em que se preparam para limitar o acesso a certas funcionalidades apenas a quem pagar.

      Uma coisa é contribuir com tempo e "boa vontade" a um serviço que é gratuito; outra coisa bem diferente é fazê-lo para um serviço que começa a empurrar os utilizadores para subscrições.

      Mas, como também por cá fazemos no primeiro dia, não exigimos que ninguém concorde com a opinião dada. Cada um deverá pensar por si, e tem total liberdade para discordar e discutir o assunto (no bom sentido). Afinal, é assim que se evolui...

      Infelizmente, o percurso que a Google tem seguido nos últimos anos faz-me ficar muito reticente e sem vontade de lhes dar o "benefício da dúvida", e daí o tom. (E digo isto sendo um intensivo utilizador diário dos seus serviços, que paga para isso.)

      Eliminar
    2. .. à espera do artigo sobre o fim do armazenamento ilimitado. 🤭

      Eliminar
    3. Totalmente de acordo com o Carlos, é mais que justo partilhar a opinião pessoal. Locais de notícias "copy-paste" de agências noticiosas já existem por todo o lado.
      Há mais de uma década, que dezenas de decisões são tomadas sempre contra os utilizadores, no meu caso nunca esqueci o "Google Reader".
      Por este andar, a Huawei tomou (forçada) a melhor decisão.

      Eliminar
  6. Hoje recebi 1 email da google a referir isto:

    A partir de 1 de junho de 2021, todos os novos vídeos e fotos com cópias de segurança em alta qualidade serão contabilizados no armazenamento de 15 GB gratuito incluído com a sua Conta Google ou qualquer armazenamento adicional que possa ter comprado, semelhante ao que já acontece com outros Serviços Google, como o Google Drive e o Gmail.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yep, é oficial: https://blog.google/products/photos/storage-changes/

      Acabou a "free beer". :(

      Eliminar
    2. Bolaa! Como pai de família, isso vai ter um enorme impacto nas contas cá de casa...

      Que balde de água fria... ;(

      Eliminar
  7. Como qualquer empresa, todas elas (incluindo a Google) tem que fazer $$$.

    Esta, já nos deu muitos "almoços gratis" durante muito tempo,
    tudo o que se usa, +cedo ou +tarde tem de se pagar,
    qual o espanto ?
    é diferente de outra qualquer ?

    Qualquer serviço que seja bom (como os muitos da Google), deve ser pago...

    O Ppl habituou-se ao "grátis" agora reclama...
    mal habituados..

    Digam o que disserem o Mundo evoluiu com a Google, esquecem-se disso também.

    ResponderEliminar
  8. Cá está o post do fim das fotos ilimitadas:
    https://abertoatedemadrugada.com/2020/11/google-photos-acaba-com-fotos-ilimitadas-gratuitas.html

    ResponderEliminar

[pub]