2020/11/04

iPhone 12 Mini limitado a 12W de carregamento wireless

Para além de ter uma bateria mais reduzida, o iPhone 12 Mini fica também mais limitado com carregamento wireless de 12W em vez dos 15W dos restantes iPhone 12.

Depois da polémica inicial do carregador wireless MagSafe dos iPhone 12 só funcionar bem com o novo carregador de 20W da Apple (e não funcionar muito bem com os iPhones anteriores ou smartphones Android), chega nova revelação sobre o mais pequeno dos novos iPhones.

Enquanto os restantes modelos iPhone 12 podem usufruir de carregamento wireless MagSafe até um máximo de 15W, o iPhone 12 Mini estará limitado a um máximo de 12W - embora a potência total possa ser limitada por diversos factores, como temperatura ou utilização do smartphones.

Há também uma restrição adicional que se aplica a todos os iPhone 12. Quando se estiverem a utilizar acessórios Lightning, como os auriculares EarPods (que não vêm incluídos na caixa), o carregamento wireless é reduzido a 7.5W para cumprir exigências regulamentares. A Apple informa ainda que o carregador MagSafe deverá estar ligado ao carregador antes de nele se colocar qualquer iPhone 12, para que seja devidamente calculada a potência adequada de carregamento. Se se ligar o MagSafe a um carregador quando já estiver ligado a um iPhone, a Apple recomenda que se remova o iPhone 12, se esperem três segundos, e se volte a encostar o iPhone ao MagSafe.

Não deverá demorar muito para que surjam testes a revelar a eficiência de carregamento deste novo MagSafe wireless da Apple - que é um elemento que normalmente fica sempre "esquecido" quando se fala de carregamento wireless.

8 comentários:

  1. Com todo o respeito pelos fans boys, hoje em dia iphones igual a lixo, 10 anos atrasados em relação à concorrência, tão atrasados que até já perdem peças (carregador)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não digas coisas dessas... No passado já se disse o mesmo pelo abandono de coisas como a ficha dos headphones; e depois tivemos os fabricantes que gozaram com isso a fazer o mesmo.

      Eliminar
  2. Além da falta de carregador, mais uma vez o aumento de preços, o que troxeram de novo estes iphones 12, que inovação??
    Todas as influencias que esta aple tem trazido aos smartphones, é só para prejuizo dos consumidores.
    O problema é que depois outros seguem-lhe os passos, mais uma vez prejudicando a todos.
    Afinal tudo o que este iphones oferecem, já os androids trazem aos anos.
    Quanto a isso dos carregadores, viva a xiaomi que os vende a 5 euros pra possível desespero da aple.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que ser moderado e reconhecer que todos temos a ganhar com a concorrência. A Apple ajudou a dar o salto para os ecrãs de alta resolução, quando quadruplicou os pixeis no "retina display" numa altura em que os smartphone ainda se satisfaziam com ecrãs VGA; estreou o uso de giroscópio; miniaturizou e aplicou uma câmara 3D para reconhecimento facial; e tem estado há anos na liderança do desempenho dos chips mobile e com consumos mais reduzidos (vê que autonomia teria um smartphone Android com uma bateria idêntica à de um iPhone).
      Longe disso interpretar isto como sendo "perfeita". Tal como qualquer outra marca, tem coisas boas e tem coisas más. O caso batterygate foi uma das grandes palhaçadas da marca (e era completamente evitável), e já cansa a marca apresentar coisas que já existem há anos como sendo "grandes novidades"...) Mas... nem 8, nem 80.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Funciona melhor quando se fazem comentários construtivos, do que simplesmente querer dar origem a polémicas. Para isso já há muitos sites. :)

      Eliminar
  3. Concordo, não valem o dinheiro

    ResponderEliminar
  4. Para se interessar sobre a questão dos carregadores MagSafe e porque não é apenas uma questão de W:
    https://appleinsider.com/articles/20/10/29/the-real-story-behind-magsafe-usb-c-pd-and-why-you-need-a-20w-ac-charger

    ResponderEliminar

[pub]