2020/12/18

A poupança de energia dos AirPods Max

Os AirPods Max da Apple vêm com uma caixa de transporte que promete poupança de energia, mas os ganhos não são assim tão significativos.

A Apple costuma ter tradição de se preocupar em maximizar a autonomia dos seus produtos, e os seus novos AirPods Max não são excepção. Estes headphones wireless reconhecem quando são colocados na sua caixa de transporte (a que ninguém fica indiferente) e entram num modo de maior poupança de energia - só que as diferenças face a deixa-los pousados em qualquer lado não são muitas.

Os AirPods Max contam com vários níveis de poupança de energia. Quando se tiram os AirPods Max da cabeça, eles entram em modo de poupança ao fim de cinco minutos de inactividade. Após 72 horas neste estado, entram em modo de poupança adicional, que desliga o Bluetooth e a funcionalidade Find My location da Apple - na prática sendo o equivalente a ficarem desligados até que o utilizador volte a utilizá-los.

Quando se dá uso à incomum caixa de transporte, as coisas não variam tanto quanto se possa imaginar. O modo inicial de poupança de energia é activado imediatamente, sem ter que esperar cinco minutos; mas o modo de poupança acrescida só entra em acção ao fim de 18 horas - opção seguramente calculada para maximizar a comodidade de utilização, e permitir que o utilizador possa usar os AirPods Max directamente, de um dia para o outro, sem ter que os "ligar" manualmente.

De qualquer forma, quem estiver a pensar usar a caixa de transporte apenas com o intuito de prolongar a autonomia, poderá descobrir que não irá ganhar muito com isso se estiver a pensar dar uso diário a estes headphones.

3 comentários:

[pub]