2020/12/28

Deepfake de Mandalorian supera efeitos originais da Disney

Pedindo desculpa pelo eventual spoiler (já dei tempo suficiente após o episódio final da 2ª temporada de The Mandalorian), temos mais um caso de um fã que conseguiu superar os efeitos originais com um deepfake impressionante.

No episódio final de The Mandalorian, quando tudo parecia perdido para os nossos heróis, eis que surge um personagem especial que resolve o problema: nada menos que o próprio Luke Skywalker, em versão rejuvenescida via CGI. O problema é que, mesmo após todos estes anos de evolução, a cara em CGI continua a ser estranhamente artificial (nalguns instantes já consegue quase tornar-se natural, mas não ainda de forma consistente).

Mas, o mais surpreendente, é que temos um fã que decidiu pôr mãos à obra e aplicar o tratamento deepfake, e os resultados são substancialmente mais naturais do que aqueles que vimos no episódio oficial. Talvez para a terceira temporada possam considerar contratar mais uma pessoa para tratar dos rostos dos personagens de antigamente?


55 comentários:

  1. acho que o grande problema ainda continua a ser os lábios...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E tens razão . Como os artistas Vfx do corridor crew explicaram, o que deixa transparecer são os lábios, mais precisamente a parte entre os lábios e o nariz, movimentos que são muitíssimo difíceis de captar em motion capture mesmo hoje em dia

      Eliminar
  2. Por acaso a versao Deepfake esta melhor é verdade.
    A presença do Luke nas cenas finais apanhou-me de supresa, o que é bom!

    ResponderEliminar
  3. Fácil aplicar o deepfake sobre os traços já produzidos pelo estúdio... quero ver aplicar o deepfake no rosto original do dublê

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez eles possam combinar as técnicas no futuro.

      Eliminar
    2. Se é fácil aplicar deepfake sobre a versão já feita pela Disney então era o que a Disney deveria ter feito. E provavelmente podiam ter feito melhor, tudo depende do tempo que deixas o programa a treinar.

      Eliminar
    3. Ficou artificial porque o Mark H não foi ao estúdio para fazer captura de expressões, li em uma notícia sobre a série, foi usada somente imagens do rosto dele, por isso ficou mais artificial do que de costume.

      Eliminar
    4. Wesley, vi uma entrevista do próprio produtor da série falando que o Mark H estava no estúdio e fez captura de expressões

      Eliminar
    5. O que é um "dublê"??? Em português por favor!

      Eliminar
    6. Dublê é palavra do dicionário português, não é outro idioma. Não entendi a pergunta, Google responde isso num segundo. Talvez vocês sejam de Portugal e por isso limitem-se ao termo "duplo", pessoa que substitui ator(iz) em cenas arriscadas. Ainda que fosse uma palavra estrangeira, qual o problema? Hoje em dia isso é comum com muitos termos.

      Eliminar
    7. Se você abrir esse vídeo no YouTube, vai ver que o canal faz um outro vídeo usando cenas do filme SOLO, colocando o rosto do Harrison Ford no lugar do ator protagonista. Ficou perfeito (melhor que esse do Luke).

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Ficou bom demais, o importante é a estória contada, parem de mi o mi mi

    ResponderEliminar
  6. Eu vi o episódio com pouca qualidade de imagem mas mesmo assim deu para ver a falta de qualidade do trabalho da Disney

    ResponderEliminar
  7. Tantos milhões a rodar para aqueles lados e no momento mais importante falharam redondamente

    ResponderEliminar
  8. Se ele ficase parecido com o tiririca, ainda assim ficaria bom. O que importa é a saga

    ResponderEliminar
  9. Pra mim , a diferença está mais na região dos olhos ... pálpebras . Do primeiro CGI ficou mais escuro. O outro ficou mais claro e visível .

    ResponderEliminar
  10. Poxa, tá tipo a diferença de usar um dublê e o ator, o deepfake é o ator, o da Disney é um dublê, só faltou a versão da "Disney dar um tapa na gostosa" kkk.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é um "dublê"??? Em português por favor!

      Eliminar
    2. Amigo, dublê é palavra do dicionário português. Mais usada no Brasil. Não é palavra estrangeira. Google te responde o significado num segundo.

      Eliminar
    3. Fica questionando o dublê, mas está ok com o "deepfake"?

      Eliminar
    4. Agora no Rio de Janeiro são 23:00 do dia 31/12/2020. Olha a hora ☝️

      Eliminar
  11. Quanta "nutelagem" geração mimimi

    ResponderEliminar
  12. Fazer com uma imagem é fácil, quero ver fazer com um vídeo 4k.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas foi com um vídeo kkkkkk parece que vc nem leu a matéria...

      Eliminar
  13. Nossa! Quanta reclamação! Esquecem até de curtir o conteúdo do episódio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara, não basta ser babaca e juvenil mentalmente. Tem português idiota pra questionar a palavra "dublê". Gente escrota não tem limite.

      Eliminar
  14. Primeiro achei que poderia ser o Mark, depois achei que não. Ai, achei que se pensasse e não falasse, poderia ser ele, depois achei que seria impossível. Aí, já era ele...muito demais...

    ResponderEliminar
  15. Sem dúvida a série foi muito fiel ao universo Star Wars, a melhor história Star Wars da tela, pós trilogia, até agora!

    ResponderEliminar
  16. Não vi diferença. Agradeço por não perceber esses detalhes, acho que mergulho mais na fantasia.

    ResponderEliminar
  17. Que geração mais chata, foda-se se ficou artificial, a série não se resume a um detalhe tão insignificante como esse. E esse deepfake aí não mudou praticamente nada, só é um imbecil querendo surfar no hype que essa cena gerou. É impressionante que a geração com maior índice de analfabetismo funcional é a que mais tem pessoas bancando especialistas de assuntos os quais nada entendem.

    ResponderEliminar
  18. Eu acho que esteve brutal... parece-me que fui o único não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é o único. Mas, infelizmente, leio pela Net muita gente que parece querer obrigar os que constatam que ficou mal feito, que não ficou mal feito.

      Eliminar
    2. Tenho saudade daqueles filmes da década de 80 com efeitos especiais toscos, mas que achávamos o máximo.

      Eliminar
  19. Um Youtuber que diz que sabe de efeitos especiais disse - antes deste video surgir - que a "Disney" tinha usado deepfake e por isso estava tão ruim. Não acreditei e este video só confirma a minha suspeita.

    ResponderEliminar
  20. Como ja venho dizendo, o deepfake veio para ficar d mais, para eternizar nossos ídolos assim como nos desnhos animados, poderiam pagar direitos autorais a atores pela kmagem e voz inédita...

    ResponderEliminar
  21. Me parece que na versão deepfake ele está com o rosto exatamente como na trilogia clássica, sendo q a história da série se passa 5/6 anos após o "Retorno de Jedi", o que no efeito da versão da Disney me aparenta realmente que o Luke está um pouco mais velho.
    Bem pelo menos me pareceu... Rs

    ResponderEliminar
  22. Não entendo , numa cena tão emocionante com o propósito da separação dos dois vocês querem procurar a perfeição no lábio que nem vi direito , talvez por ser emotiva . Nunca teremos a perfeição

    ResponderEliminar
  23. Deveriam ter mudado o cenário, deixado mais escuro dai ficaria menos percetível o CG, igual fizeram no exterminador 2

    ResponderEliminar
  24. A versão do deepfake esta idêntica ao luke do retorno de jedi. O problema é wue se.passaram 5 anos e b3m vividos por luke, o que não se vê na versão deepfake, o wue transparece mais na versão VFX

    ResponderEliminar
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  26. Poderiam usar os mesmos efeitos usados para rejuvenescer Kurt Russel em Guardiões da Galáxia vol.2

    ResponderEliminar
  27. Melhor seria colocar Sebastian Stan pra fazer a cena... E possivelmente ele fará a sequência. Pronto falei.

    ResponderEliminar
  28. Gisuisss!!! DISNEY, CONTRATA ESSE CARA CORRENDO!!! O deepfake dele ficou mil vezes melhor do que o original!!!

    ResponderEliminar
  29. Não se esqueçam que o deepfake pegou uma cena pronta e melhorou. Fazer o efeito do zero é muito mais trabalhoso e na minha opinião está muito bom, os dois. Não tive nenhum problema assistindo a original

    ResponderEliminar
  30. Surpreendente como alguns artigos são inundados com comentários de zucas. Alguém tem alguma teoria sobre o motivo? Será que há algum intermediário que "compartilhe" apenas alguns artigos com comunidades brasileiras?
    É que temos uma grande maioria com 0 comentários zucas e outros com imensos comentários, carregados de expressões zucas.
    Curioso.

    ResponderEliminar
  31. Por acaso acho a boca a falar estranha da versão deepfake. A versão da Disney está top! Acima de tudo pela história !!

    ResponderEliminar

[pub]