2020/12/05

Warner Bros anuncia estreias em simultâneo na HBO Max para os filmes de 2021

Depois do Wonder Woman 1984 a Warner Bros anuncia que todas as estreias de cinema em 2021 serão feitas em simultâneo em streaming na HBO Max.

O impacto do Covid-19 nas salas de cinema parece estar para durar e, no caso da Warner Bros, significa que vai aplicar a mesma táctica aplicada ao Wonder Woman 1984 a todos os filmes que irão estrear nos cinemas em 2021. Ou seja, a par da estreia no cinema o filme será também disponibilizado no HBO Max durante 30 dias.

Esta medida engloba alguns dos filmes mais aguardados do ano, como Dune, The Matrix 4, Sherlock Holmes 3, e muitos outros:
  • The Little Things (January 29, 2021)
  • Tom & Jerry (March 5, 2021)
  • The Many Saints of Newark (March 12, 2021)
  • Reminiscence (April 16, 2021)
  • Godzilla vs. Kong (May 21, 2021)
  • The Conjuring: The Devil Made Me Do It (June 4, 2021)
  • In the Heights (June 18, 2021)
  • Space Jam: A New Legacy (July 16, 2021)
  • The Suicide Squad (August 6, 2021)
  • Dune (October 1, 2021)
  • Elvis (November 5, 2021)
  • King Richard (November 19, 2021)
  • The Matrix 4 (December 22, 2021)
  • Sherlock Holmes 3 (December 22, 2021)
  • Judas and the Black Messiah (TBA 2021)
  • MACRO (TBA 2021)
  • Malignant (TBA 2021)
  • Mortal Kombat (TBA 2021)


As salas de cinema vão ter muito mais com que se preocupar do que apenas com o fim das pipocas. E se esta táctica da Warner Bros se revelar viável para os estúdios, é bem provável que passe a ser a nova forma preferida de lançamento de novos filmes - servindo como incentivo para que os subscritores do serviço se mantenham por lá ao longo do ano, em vez de andarem a saltar as mensalidades.

3 comentários:

  1. Essas estreias só ocorrem nos Estados Unidos, que é o único país com HBO Max( anunciaram que chegarão à Europa na segunda metda de 2021). No resto do mundo, os filmes anunciados irão estrear apenas nos cinemas.

    ResponderEliminar
  2. Imaginem que era a Netflix a distribuir os filmes para todo o mundo... a barraca ia abanar. Mesmo que cobrassem mais 6 euros por cada filme em estreia da Warner Bros, ainda assim iam fazer uma fortuna.

    Admira-me é as Warner Bros da vida não distribuírem por satélite há décadas, nem terem adoptado a Internet desde o tempo do Napster/ BitTorrent onde ficou evidente que era um bom mercado, ia haver muita pirataria (que houve de qualquer maneira) mas pelo menos as pessoas teriam já na altura uma alternativa viável/ legal e que certamente teria acelerado o desenvolvimento da Internet de banda larga pela procura.

    ResponderEliminar
  3. para mim era um mimo, eu tenho uma relacao amor odio com o cinema, logo para mim era um mimo que tudo o que fosse filmes dessem para ver na tv.
    nos sabemos que da mas nao estou a falar dessa maneira. hahahaha

    ResponderEliminar

[pub]