2021/01/31

Google remove app de chat Element da Play Store

A Google removeu a app de chat Element da Play Store por causa de conteúdos abusivos, esquecendo-se que a app só serve para aceder a conversas em servidores externos usando o protocolo Matrix.

Naquilo que se parece estar a tornar num erro cada vez mais frequente (há poucos dias foi um media player por suportar legendas em formato .ass), a Google voltou a remover uma app abusivamente da Play Store sem qualquer motivo válido. A app Element é um cliente de chat do procolo Matrix, e a sua remoção por dar acesso a conteúdos absusivos é o equivalente a remover uma app como o Tweetbot por permitir aceder a conteúdos abusivos que estão no Twitter, ou remover a app de leitura de SMS por permitir receber ou enviar SMS abusivos.


Sendo a remoção de uma app da Play Store (ou qualquer outra store) uma medida radical, seria de esperar que houvesse um processo mais cuidado, com verificação e re-verificação por parte de uma equipa de humanos, antes de efectivamente ser removida uma app. Uma equipa que tivesse a capacidade para ver que uma app como a Element não é uma plataforma de chat e é apenas um cliente para aceder a um protocolo de mensagens; ou que lá por uma app como a Just (Video) Player suportar legendas no formato ASS não quer dizer que seja uma app com conteúdos sexuais ou obscenos.

Infelizmente, parece que a Google parece estar a optar por uma política de "remover primeiro e lidar com potenciais erros depois", do que "verificar antes de remover"... e quem sai penalizado são os developers e utilizadores que têm que ir aturando estas remoções indevidas, que nuns casos podem ser resolvidas rapidamente num par de dias, mas noutros casos se podem arrastar por tempo indefinido, especialmente se forem apps menores sem capacidade para se fazerem ouvir.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]