2021/02/07

SpaceX lançou mesmo Falcon 9 duas vezes em menos de 30 dias

Depois de ter batido o recorde do prazo de reutilização do Space Shuttle o ano passado, a SpaceX reduziu esse prazo para metade, lançando o mesmo foguete Falcon 9 em apenas 27 dias.

A reutilização dos foguetes é um dos pontos críticos da SpaceX para reduzir os custos de lançamento; e quase tão importante quanto o número de vezes que podem ser reutilizados é o prazo com que um foguete pode ficar pronto para um novo lançamento após ter regressado à terra. À semelhança dos avanços que tem feito noutras áreas, também aqui as coisas têm corrido muito bem para a SpaceX.

Há apenas um ano o prazo para a reutilização de um Falcon 9 era de 62 dias. Há seis meses esse prazo foi reduzido para os 51 dias, batendo um recorde de reutilização que se mantinha há mais de 30 anos, pertencente ao Space Shuttle Atlantis, que tinha sido lançado duas vezes em 54 dias. E agora, a SpaceX volta a dar um salto, reduzindo esse valor para metade: o mesmo Falcon foi lançado 27 dias após o seu primeiro lançamento.


Na prática o prazo seria ainda menor, foi seis desses dias foram gastos no transporte da plataforma de aterragem para a base, onde a preparação para o lançamento acabou por ser feita em apenas 20 dias (algo que teoricamente poderia ser evitado se / quando os foguetes conseguirem regressar à base original após o lançamento, evitando esse desperdício de tempo (à custa da utilização de mais combustível).

Ainda estamos longe da meta de poder ter um foguete que seja lançado, pouse, seja reabastecido e possa ser lançado novamente de forma imediata. Mas, a este ritmo, pode ser que isso acabe por ser atingido mais depressa do que se poderia imaginar.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]