2021/03/26

Slack remove mensagens entre grupos por permitirem abusos

O Slack já removeu a sua nova funcionalidade de mensagens entre grupos, por permitir spam e envio de mensagens abusivas sem forma de as evitar.

O "web-IRC" das empresas lançou recentemente uma funcionalidade que o transformava num instant messenger global, permitindo comunicar com utilizadores de outros grupos / empresas, mas no processo parece ter-se esquecido de que qualquer nova funcionalidade, nos dias de hoje, tem que ser enquadrada também na vertente de poder ser abusada - e isso já levou à suspensão desta nova funcionalidade.

O que está em causa é que embora este sistema estivesse sujeito ao pedido de autorização para adicionar os novos contactos, o sistema permitia que esse pedido fosse acompanhado por uma mensagem, e embora o intuito fosse que essa mensagem fosse informativa, nada impedia um utilizador de poder assediar e azucrinar outro com mensagens abusivas. E como essas mensagens são enviadas por um endereço de email genérico do Slack, não havia forma fácil de se poderem bloquear essas mensagens abusivas, ou de impedir que o utilizador continuasse e enviar pedidos e mais pedidos, com mensagens abusivas.
Custa a pensar que uma empresa que se dedica exclusivamente a um serviço de mensagens não tenha contemplado desde logo esta possibilidade de abuso, mas é de imaginar que em breve a funcionalidade seja resposta, com as medidas de protecção adequadas.

Um simples botão de "bloquear contacto e impedir futuros convites" poderá resolver a questão, mas obrigará o Slack a implementar todo um novo sistema de gestão de contactos bloqueados, que cada utilizador terá que poder ver e gerir, para o caso de no futuro querer limpar a lista de utilizadores bloqueados.

1 comentário:

  1. O mundo está mesmo arruinado, quando isto é o tipo de "problema" que bloqueia funcionalidade tão importantes como não ter de usar mais uma App para falar com pessoas que já sabemos que estão no Slack.

    ResponderEliminar

[pub]