2021/03/24

Notícias do dia

Tesla aceita pagamentos em Bitcoin; Madeira em destaque no SkyPixel 2020; NASA vai tentar voo em Marte a 8 de Abril; Firefox 87 chega com SmartBlock; Daymak avança com crowdfunding para o seu carro de três rodas; e Europa quer alternativas à SpaceX para se manter competitiva no acesso ao espaço.

Antes de passarmos às notícias do dia, temos novos passatempo gadget da semana, que te pode valer um rato transformável Trust Gaming GXT 970 Morfix. Participa e partilha.

Xiaomi continua a facturar à custa da Huawei

Com a queda da Huawei no ocidente, a Xiaomi tem feito todos os possíveis por ocupar a sua posição, e com resultados bastante positivos. A Xiaomi registou um lucro de quase 500 milhões de dólares no último trimestre, representando um crescimento de 37% face ao mesmo período do ano passado, e ficando apenas atrás da Samsung e da Apple.

São perspectivas excelentes para a Xiaomi se tornar num dos grandes fabricantes mundiais e, talvez até podendo vir a colocar o domínio da Samsung em causa (como a Huawei estava a fazer, antes de ser posta na lista negra dos EUA e ver esse objectivo desmoronar-se). Mas, avizinham-se tempos complicados pela frente, pois o problema da escassez de chips também vai pesar sobre os fabricantes de smartphones, e poderá ser complicado conseguir atingir os objectivos de produção para este ano.


Chrome OS vai preparando Chrome "independente"

Tal como tinha indicado o ano passado, a Google vai dando pequenos passos no sentido de separar o Chrome do Chrome OS, fazendo com que o browser passe a ser a versão standard do Chrome para Linux, e que permitirá manter as actualizações do browser mesmo nos Chromebooks que já tiverem passado o fim do prazo para receberem as actualizações do sistema.

É uma medida que irá tornar a plataforma Chrome OS bastante mais interessante a longo prazo, eliminando a questão de se tratarem de equipamentos que, inevitavelmente, se tornariam obsoletos e de risco, não por culpa do seu hardware, mas por deixarem de receber actualizações que mantivessem o browser seguro.


Slack ganha mensagens entre grupos / empresas

Depois de se ter focado em empresas / grupos específicos, o Slack quer agora assumir as funções de app de mensagens global, permitindo que os utilizadores de uma empresa / grupo possam falar com pessoas noutros grupos do Slack.

Este Connect DMs está dependente dos utilizadores fazerem pedidos às pessoas com quem querem comunicar - e destas aceitarem o convite - mas depois disso feito, esses utilizadores de outros grupos e empresas passam a estar imediatamente acessíveis na barra lateral do Slack, tal como os habituais contactos do próprio grupo. Algo que poderá ser suficiente para fazer com que muitos utilizadores deixem de recorrer ao email ou a outras apps de mensagens.

Actualização: funcionalidade removida por agora, por potenciar mensagens abusivas.


Os utilizadores sem resposta da Coinbase

A Coinbase tem sido uma das plataformas de referência para quem se quer aventurar no mundo das criptomoedas, mas há situações que têm deixado utilizadores sem acesso às suas contas, sem dinheiro e sem respostas.

Há casos em que os utilizadores vêem o seu dinheiro desaparecer porque algum hacker conseguiu descobrir as suas passwords e códigos de acesso (mas que ainda assim reclamam que a Coinbase deveria ter conseguido detectar e bloquear o acesso fora do normal); há outros que ficam com a conta bloqueado com a mera indicação de que "violaram" os termos e condições, sem que seja dada qualquer explicação detalhada nem forma de como poderão reaver o seu dinheiro. Infelizmente, isto não são casos exclusivos da Coinbase, e aplicam-se a praticamente todos os serviços que envolvam dinheiro (como o PayPal e bancos online) - e por isso mesmo torna-se indispensável que exista legislação ou garantias de que os utilizadores / clientes terão direito a tratamento justo quando se vêem numa destas situações.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: A criptomoeda Bitcoin foi criada em Janeiro de 2009, tendo nessa altura valor zero. Só em Fevereiro de 2011 atingiu o valor de $1 pela primeira vez. Uma década mais tarde, em Março de 2021 superou os 60 mil dólares. Quem tivesse comprado 1000 dólares de Bitcoin em 2011, teria agora agora a bonita soma de algo como 60 milhões de dólares.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]