2021/04/23

Estado australiano quer taxar kms nos carros eléctricos

Na Austrália, o estado de Victoria quer aplicar uma taxa por quilómetro aos carros eléctricos, que está a gerar grande contestação.

Se há coisa que podemos dizer que é verdadeiramente global, é o ódio a taxas e impostos, e é precisamente isso que está a acontecer na Austrália. O estado de Victoria quer aplicar uma taxa de 2.5 cêntimos por km nos carros eléctricos, ficando os condutores obrigados a manter um registo da quilometragem durante cinco anos.

O mais caricato é que este é um estado que nem sequer aplica imposto sobre os combustíveis, nem tão pouco sobre a quilometragem dos carros a combustão; pelo que a ideia de criar esta nova taxa exclusiva para os automóveis eléctricos está a gerar grande polémica e retaliação, tanto por parte dos consumidores, como de fabricantes automóveis e muitas outras entidades, que já se uniram em bloco contra esta proposta.
Infelizmente, uma coisa é certa. Garantidamente poderemos esperar uma taxa deste tipo por cá, à medida que se for efectuando a transição para os carros eléctricos e o Estado começar a ver a redução de uma das suas fontes de receitas favoritas: os impostos sobre os combustíveis e os automóveis. E também lá chegará o tempo de começaram a taxar a electricidade produzida por painéis solares residenciais para auto-consumo - vindo das mesmas pessoas que, por outro lado, optam por fechar os olhos aos negócios obscuros de barragens, enfim.

7 comentários:

  1. Só a venda de conceções das barragens pela EDP é que estão isentas...

    ResponderEliminar
  2. Este imposto não faz sentido nenhum, era o que faltava chegar cá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguma coisa os políticos se vão lembrar para compensar a perda de receitas dos postos dos ICE e das gasolinas, disso nao tenhas dúvidas
      ...

      Eliminar
    2. *dos impostos dos ICE

      Eliminar
  3. Então Carlos Martins, não divulgues estas cenas ainda dás ideias a outros governos, é que a estupidez humana parece mais contagiosa que a covid19 :D

    ResponderEliminar
  4. Carlos outra coisa que vai acabar quando a maior parte dos automóveis vendidos forem elétricos é a isenção de ISV

    ResponderEliminar

[pub]