2021/04/21

Google promete evitar crashes no WebView no futuro

Depois do incidente da actualização do WebView que fez crashar milhares de apps, a Google compromete-se a impedir que a situação se repita no futuro.

Recentemente tivemos o infeliz caso em que uma actualização do componente WebView - um componente do sistema que é utilizado por milhares de apps, e facilita o processo de apresentar conteúdos web / HTML sem direccionarem os utilizadores para um browser externo - provocou um erro que fazia crashar todas as apps que o utilizassem. Foi uma situação bastante infeliz, e que a Google promete que não voltará a acontecer.

Como é que a Google pode fazer tal promessa, sabendo-se que não há coisa como "software garantidamente livre de bugs"? É simples, reconhecendo desde logo que os problemas podem acontecer, e estar preparado para os enfrentar. No futuro, a Google vai implementar um sistema com modo de funcionamento "safe mode", em que no caso de ser detectado um problema com uma actualização do WebView, o componente possa automaticamente reverter para a versão anterior que funcionava sem problemas, sem necessidade de aguardar que seja disponibilizada uma correcção oficial para o problema.

Considerando o cenário em que este componente é de importância crítica para milhares de apps, que o podem utilizar para coisas como logins e outras; é bom ver a Google a fazer todos os possíveis para evitar que esta situação se repita, e que poderia fazer com que alguns developers deixassem de confiar neste componente e se aventurassem a criar alternativas que, eventualmente, poderiam acabar por ser ainda mais problemáticas a longo prazo.

2 comentários:

  1. Faço a gestão de uma aplicação afetada por este problema. Levamos 2 ou 3 classificações de 1 estrela à conta disto, e a Google simplesmente não quer saber. O diálogo com o suporte a cliente é de rir...

    ResponderEliminar
  2. Algumas apps de acesso a contas bancárias também foram afetadas.

    Os monopólios da Google (e também da Apple) nestes setores têm de ser rapidamente regulamentados.

    ResponderEliminar

[pub]