2021/05/19

Google Wear OS faz aliança com Samsung

Fica explicado o motivo pela qual a Samsung vai adoptar Wear OS nos seus próximos smartwatches, sendo resultado de uma parceria do Wear OS com a marca sul-coreana.

O Wear OS parecia estar esquecido, mas agora descobre-se que afinal a Google estava a manobrar nos bastidores para tentar reverter a fragmentação que se vinha a registar nos últimos anos, com fabricantes como a Samsung a terem preferido adoptar o seu Tizen como forma de prolongar a autonomia dos seus smartwatches. A Google conseguiu convencer a Samsung a regressar ao Wear OS, anunciando uma participação mais activa da empresa no desenvolvimento do sistema, e prometendo que o Wear OS irá aproveitar o melhor de ambas as plataformas, com a versatilidade e facilidade de criação de apps do Wear OS, com a autonomia do Tizen.


Não deixa de ser uma boa surpresa, mas sem que se saiba por agora quais foram as contrapartidas dadas à Samsung - ainda por cima sabendo-se que a Google comprou a Fitbit e que, por isso mesmo, será uma questão de tempo até ter produtos que façam concorrência directa aos wearables da Samsung.

O mais importante será ver se esta aliança permitirá ao Wear OS finalmente começar a fazer frente ao Apple Watch, que tem dominado no segmento dos smartwatches e que também tem feito forte aposta na componente do monitorização da saúde (fala-se que o próximo modelo irá medir o nível de glucose no sangue de forma não invasiva, o que lhe garantiria automaticamente mais umas dezenas de milhões de clientes).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]