2021/05/26

Windows 10 vai tornar realidade o "ano do Linux" nos desktops

Existe uma piada recorrente entre os entusiastas do Linux de que, "este ano" é que vai ser "o ano" em que o Linux passará a ser popular nos desktops - o que ninguém arriscaria prever, é que isso pode muito bem estar a tornar-se realidade com a ajuda do Windows 10.

A aproximação da Microsoft ao Linux tem feito o "inferno congelar" por diversas vezes, tendo resultado na integração de um subsistema Linux no Windows 10 que permite executar todo o tipo de programas Linux no sistema operativo da Microsoft. O problema é que, até recentemente, apenas era possível executar programas em linha de comandos - coisa que agora está a ser resolvido, possibilitando a execução de programas linux com interface gráfico no Windows 10.

É uma capacidade que a Microsoft vai lançar oficialmente para todos os Windows 10 na próxima actualização e que, para todos os efeitos, poderá dar início a uma era em que se acaba com a distinção entre Windows e Linux, já que se poderá correr apps Linux em Windows 10 de forma simples e acessível para qualquer utilizador (sendo que o contrário há muito que era possível, recorrendo a máquinas virtuais ou ao WINE).

Será fácil ver esta medida como sendo uma ofensiva contra o Linux, procurando torná-lo "desnecessário". Mas, será também possível ver isto como uma forma de promover ainda mais o Linux, fomentando a criação e melhoramento de apps Linux sabendo-se que agora poderão chegar a muitos mais milhões de utilizadores, que não terão que ficar divididos entre abandonar o Windows e ter que instalar um novo sistema operativo. Quem sabe, até pode ser que venham a ficar surpreendidos com aquilo que descobrem ao ponto de acharem que se justifica darem uma oportunidade a uma das distro Linux.

O ano do Linux pode estar a chegar - a única coisa é que ninguém imaginaria que tal viesse a ser possível por intermédio do Windows 10 da Microsoft.

5 comentários:

  1. Honestamente um claro exemplo de como uma empresa se reinventou.
    Desde a passagem de Sataya a CEO. A empresa levou um rumo para melhor

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida, arrisco-me aa dizer que esta poderá muito bem ser a maior de todas as ironias no mundo das tecnologias de informação nos últimos 150 anos!

    ResponderEliminar
  3. Resta saber se não estamos perante a mais um Embrace Extend e Extinguish (https://en.wikipedia.org/wiki/Embrace,_extend,_and_extinguish ).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fosse na Era Gates e Ballmer, isso seria certeza... Mas com o Satya, tenho dúvidas, ainda que não coloque minha mão na fogo por isso

      Eliminar
  4. Espertos, vejam que para a Microsoft é muito fácil rodar aplicações Linux tipo o Inkscape, etc, visto que eles podem virtualizar o linux numa janela só para rodar a aplicaçao, isto pq o linux é opensource. Já o oposto é dificil com o Wine, existem milhoes de problemas e dificuldades em por o Wine a rodar com aplicações Windows...

    ResponderEliminar

[pub]