2021/07/19

Nvidia mostra RTX 3060 em sistema ARM

A Nvidia já vai preparando caminho para um futuro pós-Intel com CPUs ARM nos PCs, e demonstrou um GPU GeForce RTX 3060 a funcionar associado a um CPU ARM.

A hegemonia "Wintel" está em risco, não só por conta da AMD mas, principalmente, pelo efeito de contágio dos chips ARM, que começaram por ser chips modestos usados nos smartphones mas cuja evolução os tem tornado alternativas os CPUs tradicionais da Intel e AMD. É precisamente isso que a Apple já começou a fazer, abandonando os chips Intel nos seus Macs e optando pelos seus próprios chips ARM, e será inevitável que mais fabricantes comecem a seguir o mesmo caminho. Quem não quer ficar de fora é a Nvidia, que relembra que mesmo esses sistemas continuarão a necessitar de gráficos topo de gama, e para isso, mostra-nos com uma RTX 3060 pode funcionar perfeitamente num sistema ARM - neste caso com um chip MediaTek Kompanio 1200.


Apesar dos chips ARM contarem com GPUs integrados que também vão ficando cada vez mais poderosos, é óbvio que não podem competir com um GPU como um RTX da Nvidia, que sozinho gasta dezenas (ou centenas) de vezes mais que o consumo completo de um chip ARM. De resto, a Nvidia não é estreante neste mundo, já tendo feito chips ARM, e até tendo mostrado intenções de querer comprar a própria ARM.

Seja como for, fica a demonstração feita: a futura geração de PCs ARM não irão ter falta de potência gráfica para enfrentar os jogos mais exigentes. Aquela "âncora" que os PCs ainda detinham por conta dos jogos, parece estar a começar a soltar-se.

2 comentários:

  1. Carlos, não quererás antes dizer:
    "Quem não quer ficar de fora é a Intel, que relembra que mesmo esses sistemas continuarão a necessitar de gráficos topo de gama"
    "Quem não quer ficar de fora é a NVIDIA, que relembra que mesmo esses sistemas continuarão a necessitar de gráficos topo de gama" ?

    ResponderEliminar

[pub]