2021/07/13

OnePlus diz que utilizadores não precisam da velocidade dos chips mais recentes

Em vez de se limitar a reconhecer que errou, pedir desculpa e corrigir o problema, a OnePlus continua a insistir em pseudo-justificações para a limitação secreta de desempenho que estava a aplicar a centenas de apps.

Recentemente descobriu-se que a OnePlus estava a limitar o desempenho do OnePlus 9 na maioria das apps conhecidas, sem dar qualquer conhecimento disso aos utilizadores. Era um processo invertido ao que era utilizado no passado para aplicar overclock quando era detectado um benchmark, desta vez reduzindo a velocidade máxima em certas apps, com o objectivo de poupar a bateria. Mas independentemente das justificações e objectivos, o ponto principal que a OnePlus parece ignorar por completo, é que isto estava a ser feito em segredo, enganando os seus clientes.

Em vez de reconhecer isso, a OnePlus continua a insistir em justificações ridículas, dizendo que os utilizadores não precisam da velocidade máxima dos chips actuais. E de forma também ridícula, nem sequer abordam a questão sobre se tudo isto era sequer necessário, já que os testes indicam que as melhorias de autonomia entre apps limitadas e não limitadas, é negligenciável.


A OnePlus parece não compreender que a grande questão aqui é ter traído a confiança dos seus utilizadores ao fazer a limitação do desempenho secretamente. Ninguém reclamaria por isso estar a ser feito num modo de desempenho "optimizado" que aplicasse esses limites, dando aos utilizadores a opção para escolher um modo de desempenho "total" se assim preferissem (assim como o habitual modo "económico" para maiores poupanças). Até que isso aconteça, só vão conseguir fazer com que cada vez mais fãs de longa data reconsiderem seriamente se voltarão a comprar um OnePlus no futuro.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]