2021/07/23

PlasticARM promete chips flexíveis para todos os produtos

Investigadores da ARM conseguiram criar chips complexos flexíveis, com o potencial para revolucionar as aplicações electrónicas nas próximas décadas.

As experiências no campo dos circuitos electrónicos flexíveis não são novos, mas até à data têm-se limitado a circuitos relativamente simples. Com o PlasticARM, a ARM conseguiu criar um chip complexo, equivalente a um dos chips ARM mais modestos, que pode ser dobrado e moldado em formas complexas.
O PlasticARM é um processador M0+ de 32 bits, e tem apenas umas poucas centenas de bytes de RAM e ROM, funcionando a uns vagarosos 29 KHz, mas que lhe permite funcionar com apenas 20 mW de energia, mais que um chip equivalente em silício (que se poderia ficar pelos 10 microWatts) mas suficientemente baixo para ser considerado para uma série de aplicações.

No futuro, chips deste tipo poderão ser integrados directamente em tecidos e outros suportes flexíveis (papel, plástico, etc.) levando à criação de toda uma nova geração de produtos que actualmente pareceriam impraticáveis ou "impossíveis".

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]