2021/07/23

Notícias do dia

Serviço de vídeo extinto injecta pornografia em milhares de sites; PlasticARM promete chips flexíveis que revolucionarão o futuro; Google Doodle celebra Jogos Olímpicos de Tóquio com JRPG no browser; smartwatches com chip Wear 3100 sem direito ao Wear OS 3; falha na Akamai deixou milhares de sites inacessíveis; e falta de um simples "&" deixou o Chrome OS sem possibilidade de login.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já temos novo passatempo gadget da semana que desta vez te pode valer um powerbank Addtop de 26800 mAh.

Facebook faz chegar jogos aos iPhone via web app

Embora com um género de jogos mais simples que serviços como o Stadia ou xCloud disponibilizam via streaming, também o Facebook contornou as restrições da App Store da Apple lançando uma série de jogos disponíveis para iPhones e iPad via web app.

São jogos casuais que servem literalmente como "passa-tempo" para entreterem os jogadores, incluindo jogos clássicos estilo batalha naval e outros que serão reconhecidos imediatamente por quem já passou algum tempo a jogar jogos na web. Infelizmente, nos três ou quatro que experimentei, todos eles pareceram ser do estilo em que constantemente estão a tentar impingir aos utilizadores que vejam publicida em troca de um qualquer benefício, pelo que fica a pergunta sobre se serão jogos assistidos por publicidade, ou se serão publicidade difarçada de jogos.


Apple Music para Android com Spatial Audio e lossless quality

O Apple Music é uma das poucas apps e serviços que a Apple também disponibiliza para Android, e agora fez questão de também lhe fazer chegar as mais recentes capacidades de Spatial Audio e qualidade lossless.

Esta capacidade chega com o Apple Music para Android versão 3.6, sendo que tal como acontece para os clientes com dispositivos Apple, são novos modos que estão disponíveis sem qualquer agravamento no preço da mensalidade do serviço. No entanto, há a ressalva de que o modo espacial Dolby Atmos apenas ficará disponível em "modelos compatíveis" sem que sejam indicados quais.


Rússia consegue recuperar módulo a caminho da ISS

O módulo de laboratório russo Nauka a caminho da ISS pregou um grande susto a todos os envolvidos. Depois de ter sido lançado com sucesso para o espaço, o foguete que o transporta falhou uma manobra de elevação de órbita para se aproximar da ISS, fazendo temer o pior. Felizmente, os responsáveis pela missão parecem ter conseguido recuperar o controlo (nesta fase explicarem se usaram a uns propulsores de backup ou se recuperaram o funcionamento dos principais) e retomando o processo de se elevar para a órbita necessária.

Este módulo deveria ter sido originalmente lançado em 2007, mas sofreu uma série de problemas que foram causando atrasos sucessivos. Se conseguir chegar à ISS, irá ser necessário reposicionar o módulo Pirs Docking Compartment, que actualmente ocupa o lugar onde o módulo Nauka deverá ficar instalado.


AI supera pilotos humanos nos drones


Sem grandes surpresas, investigadores criaram um sistema de controlo autónomo de drones que é capaz de fazer os percusos de obstáculos de forma mais rápida que qualquer piloto humano. O sistema demorara cerca de uma hora a calcular a rota ideal, mas depois disso é capaz de repetir consistentemente cada volta da forma mais eficiente possível e praticamente sem a variação dos pilotos humanos, cuja lentidão de vai acumulando volta após volta.




Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O díodo é um componente electrónico que funciona como uma válvula anti-retorno, deixando passar corrente apenas num sentido, mas não no outro. Uma das suas (muitas) aplicações é na conversão de corrente AC para corrente DC, usando uma "ponte rectificadora".

19 comentários:

  1. Lá está o Facebook a praticar novamente a censura. As vacinas salvam pessoas mas também causam "problemas". Só na Europa já foram + de 17000 "problemas" daqueles que dão direito a caixão.

    ResponderEliminar
  2. Não sei onde é q foste buscar esse nº de problemas com as vacinas, mas visto q isso é o nº de mortes só em portugal (https://www.google.com/search?q=covid+europe+killed&oq=covid+europe+killed) ( esses sim, problemas de caixão), sem falar nos q ficam com sequelas para a vida.... parece-me q a escolha é muito difícil

    PS: já agora põe qual a fonte dos teus nºs .... só para vermos a dimensão do problema q apontas

    ResponderEliminar
  3. Os nº são da European Medicines Agency (EMA) que têm um programa de "farmaco-vigilancia" chamado EudraVigilance, não são nº pesquisados ao calha no google...
    O nº de mortes de c19 em Portugal está muito longe desse que tu indicas,
    o critério de atribuição de mortes em Portugal é no mínimo "manhoso" para dizer coisa pior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. link or bullshit ... my money on the 2nd

      Eliminar
    2. Sem cócó de boi aqui vai o link https://www.adrreports.eu/en/index.html, o resto da pesquisa faz se quiser ficar informado e podes botar pra cá o teu money

      Eliminar
  4. What information does this website provide?

    The information on this website relates to suspected side effects reported to EudraVigilance, the EU pharmacovigilance database

    .....
    The EMA must comply with the EU Data Protection legislation and therefore, certain data elements (e.g. country where a specific reaction occurred) are not disclosed to safeguard the identity of individuals.
    --------
    Como tal afirmação dos 17k continua a ser bullshit, pelo menos se esta é a fonte dos dados

    e já agora .....
    Disclaimer
    Each time you search for a web report you will be shown a disclaimer. To view individual reports you must confirm that you have read and understood the disclaimer.

    The disclaimer contains the following information:

    The information on this website does not reflect any confirmation of a potential link between the medicine and the observed effect(s).
    The information on this website concerns suspected associations that reflect the reporter's observations and opinions. A scientific assessment of a cause-and-effect relationship between a medicine and an effect is part of the continuous monitoring of the benefits and risks of a medicine; the assessment takes into account many other factors, such as the medical condition and the medical history of the patient.
    The information may include known side effects already listed in the summary of product characteristics (SmPC) and the package leaflet.
    The number of suspected side effects in EudraVigilance should not serve as a basis for determining the likelihood of a side effect occurring. This is because the numbers need to be put into context with other factors, such as how many people take the medicine and how long the medicine has been on the market.
    Each individual case in EudraVigilance refers generally to a single patient; however, more than one side effect may have been reported in a report. Therefore, the number of side effects will not always be the same as the number of individual cases.

    .... portanto... cócó de boi

    ResponderEliminar
  5. ... my bad, encontrei a tab com os nºs
    985+6446+4836+393 = 12660
    ... o q continua a ser um bocadinho diferente dos 17k

    E isto são todos os casos possíveis reportados... não confirmados.
    E podem incluir efeitos secundários já mencionados, como dor localizada... em nenhum lado é referida a gravidade dos mesmos.

    ...E se queremos comparar o q é comparável... então vamos comparar casos reportados (até podemos assumir q os nºs acima são todos confirmados) .... assim temos 953k Vs 13k (https://twitter.com/DGSaude/status/1419319169066184706/photo/1)

    Ou mesmo se quisermos comparar o nº de mortos, temos 17292 Vs 12660 (assumindo q todos os efeitos secundários foram fatais)

    yep, é quase a mesma coisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Vacina da Pfizer, General disorders fatal cases 118, só para te dar um exemplo das que lá se encontram reportadas, soma todas e a data de 17/07/2021 havia: 18,928 deaths and 1,823,219 injuries reported following injections of four experimental COVID-19 shots:

      COVID-19 MRNA VACCINE MODERNA (CX-024414)
      COVID-19 MRNA VACCINE PFIZER-BIONTECH
      COVID-19 VACCINE ASTRAZENECA (CHADOX1 NCOV-19)
      COVID-19 VACCINE JANSSEN (AD26.COV2.S)

      A Informação está lá, agora se não a sabes procurar deixa-te estar quieto. Já agora isto é a nível Europeu caso não tenham percebido.

      Já sobre as 17292 mortes nacionais, se só fossem atribuidas as mortes "de" c19 e não as "com", os números não chegavam nem ao milhar. Já para não falar da autentica fantochada dos testes RT-PCR com mais de 32 ciclos...

      Eliminar
  6. Nope. Continuas com nºs de cócó

    The number of individual cases identified in EudraVigilance for COVID-19 MRNA VACCINE MODERNA (CX-024414) is 80,428 (up to 24/07/2021)
    The number of individual cases identified in EudraVigilance for TOZINAMERAN is 311,364 (up to 24/07/2021)
    The number of individual cases identified in EudraVigilance for COVID-19 VACCINE JANSSEN (AD26.COV2.S) is 18,744 (up to 24/07/2021)
    The number of individual cases identified in EudraVigilance for COVID-19 VACCINE ASTRAZENECA (CHADOX1 NCOV-19) is 337,712 (up to 24/07/2021)
    80428+311364+18744+337712 = 748248, o q é menos de metade dos 1,823,219 injuries que indicas .... portanto, cócó

    Vamos ver então os nºs específicos da Astrazeneca q é quem tem maior número de casos
    https://dap.ema.europa.eu/analytics/saw.dll?PortalPages
    tab -> Number of Individual Cases for a selected Reaction
    Choose a Reaction Group and then a Reported Suspected Reaction to see the number of individual cases identified in EudraVigilance for COVID-19 VACCINE ASTRAZENECA (CHADOX1 NCOV-19) (up to 24/07/2021)
    Reaction Groups
    Deaths
    177+505+3+0+3+16+217+1109+37+18+277+113+99+57+59+11+693+7+1+37+40+0+518+29+7+18+320 = 4371

    .... Visto que esta representa 45% dos casos reportados, ou há uma vacina com uma invulgar taxa de mortalidade (e se me disseres qual eu vou ver os dados e ponho aqui) ou os teus números continuam a não bater certo.
    É que 18928 * 45% = 8542 é sensivelmente o dobro de 4371.

    Quanto à questão do "de" Vs o "com"... portanto para ti uma pessoa não morre de pneumonia... morre "COM" pneumonia, mas "DE" afogamento, devido aos fluídos nos pulmões.
    Ou, como num dos casos de covid que conheço, a pessoa morreu "COM" covid, mas a causa "DE" morte foi falta de electricidade, pq desligaram a máquina ao fim de 2 meses por falta de sinais de consciência.

    Já agora, https://www.ecdc.europa.eu/en/cases-2019-ncov-eueea
    743,634 Vs 18,928 deaths <- os teu nºs das vacinas
    34,360,339 Vs 1,823,219 injuries reported <- os teu nºs das vacinas


    Por isso, usando uma expressão tua... uma autêntica fantochada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado desde já pela paciência em analisar os nº, e quero desde já esclarecer que não são nº meus, são da EMA que penso ser uma agência de confiança (Posso estar enganado e a errar na análise dos nº). Não sou dono da verdade (nem anti-vacinas) e sou contra a censura, mesmo quando a informação difundida é falsa, e deve-se combater a falsa informação com debate e com esclarecimento.

      Pelo que vi no site da EMA, em nº de casos temos Moderna < Pfizer < AZeneca e em nº de mortos AZeneca < Moderna < Pfizer (Pfizer com cerca de 50%).

      Em relação ao "de" e ao "com", e isto é a minha opinião;
      O "de" é quando o virus tem influência na morte e o "com" é quando o virus esta presente no organismo da pessoa mas não tem qualquer influência na morte da pessoa. (Agora provar isto fica para os entendidos na matéria)

      O que me diz disto:
      https://publichealthscotland.scot/publications/covid-19-statistical-report/covid-19-statistical-report-23-june-2021/

      Eliminar
    2. Vamos lá por pontos....

      1 - Não existe censura.... e a lei não é sobre censura... a lei é para parar fake news, como as vacinas causarem autismo (os estudos que estas pessoas referem já foram desmascarados por diversas publicações.... e até os autores já admitiram os erros). +, defendo o seu direito a dizer que NA SUA OPINIÃO NÃO DEVERÍAMOS SER VACINADOS. Acho parva, mas opiniões cada qual tem as suas. Outra coisa é apresentar mentiras como factos, isto sim tem de ser combatido.

      2 - Eu utilizei os nºs da EMA... estão nos posts acima... e em nenhuma parte batem certo com os seus... e está referido ponto por ponto como foram obtidos... por isso os seus nºs continuam a não bater certo.

      3 - Não existe "opinião" quando se atribui a causa de morte. É um médico que com base no que se passou com o doente e na ficha clínica define qual a causa de morte. E se houver dúvidas, o corpo é enviado para a medicina legal e estudado por um patologista.

      4 - Do estudo que apresentou, só li o sumário, mas destacam-se 2 coisas:
      In the week ending 15 June 2021, there were 192 admissions to hospital with a laboratory
      confirmed test of COVID-19. The highest number of new admissions were seen amongst those
      aged 30-39 years and 40-49 years. Prior to the vaccination roll-out, the highest number of
      new admissions each week were consistently in people aged 60+ years.
      • The proportion of all people who were admitted to hospital within 14 days of a laboratory
      confirmed COVID-19 positive test has declined, from 13% in the week commencing
      25 January 2021, to 3% in the most recent week commencing 31 May 2021.
      Daqui dá para tirar que a vacinação está a ter efeitos positivos, nomeadamente que a faixa etária + nova é quem está a ir para o hospital (especulação minha , se estiverem a seguir o mesmo esquema de vacinação quem em Portugal, são os que ainda não foram vacinados).
      Outro dos efeitos da vacinação é que actualmente apenas 3% dos positivos necessitam hospitalização Vs 13% no final de Janeiro

      Eliminar
    3. 1 - Meu caro, existe censura pelas BigTechs só não vê quem não quer,
      na minha opinião só devemos ser vacinados se for vacinas que ofereçam proteção a quem a toma. No caso da c19 deve ser avaliado caso a caso, na minha opinião só grupos etários acima dos 60 e pessoas com outros problemas de saude, mesmo assim com avaliação prévia por parte de um médico.

      2- nºs da EMA já são 19k, por isso verifique melhor.

      3 - Existe opinião em muitas matéria e de médico para médico ou de cientista para cientista nem sempre são concordantes.
      Posto isto, o teste RT-PCR positivo só é válido quando é feito um exame complementar (nomeadamente Radiologico) e é verificada a condição da doença, se não for verificada, trata-se de falsos positivos (Isto não é opinião).

      4 - 5k na Escócia em 7 meses, não estou a por em causa os efeitos positivos das vacinas. Apenas a salientar o copo meio vazio, Capiche

      Eliminar
    4. Para contrastar essa sua 'opinião' de que "só grupos etários acima dos 60 e pessoas com outros problemas de saude":

      https://expresso.pt/coronavirus/2021-07-25-Covid-19.-Indonesia-em-alerta-com-mortes-de-criancas-no-Reino-Unido-disparam-jovens-nos-hospitais-em-estado-grave-219150a3

      Eliminar
    5. A sério uma noticia de jornal, eu poupo-lhe o trabalho e digo-lhe a fonte dessa noticia que é simplesmente UMA AFIRMAÇÃO sem contexto e sem confirmação DE UM MÉDICO, a um jornal americano que fez capa com rosto dos mortos! A Indonésia tem perto de 270 000 000 pessoas, qualquer número que daí saia assusta, sem contexto.

      O rácio benefício/risco das vacinas experimentais disponíveis PARECE ser positivo para idosos e/ou com sistemas imunológicos mais debilitados, mas de modo algum esse rácio é positivo para pessoas mais jovens e aparentemente saudáveis, ou seja, é impensável impor uma vacina de consequências imprevisíveis a médio/longo prazo às populações mais jovens.

      Eliminar
    6. 1 - O que existe por parte das big tech é a criação de uma echo chamber personalizada. Esse é o problema da costumização dos fees e afins. Quanto a censura propriamente dita ... a menos q estejamos na china ou noutro pais q efectivamente consegue censurar os conteúdos, o que falta é censura, como se pode ver pelos conteúdos do estado islâmico e a porcaria das vacinas causarem autismo a continuarem a ser partilhados por todo o lado.

      2 - + uma *, não vi em nenhum lado dados agregados, mande o link ou como chegou aos números, até lá, bullshit. Dei-me ao trabalho de ver 1 as vacinas individualmente. Mais, os números q apresentou para os casos são + do dobro dos q estão na EMA, so bullshit.

      3 - Ou é o médico assistente e tem conhecimento sobre cada um dos casos ou é patologista.... caso contrário a sua opinião ... ou a minha ... é bullshit .... e já agora, opiniões não são factos, e apresentá-las como tal ... + bullshit

      4 - Melhor q isso é a Islândia q só teve 30 mortos total.
      Mas estamos a comparar uvas com peras e com melancias. São frutas... mas as comparações são parvas.
      O estudo em questão mostra a evolução da pandemia no país/região em questão (Escócia) e quais os efeitos que as medidas estão a ter.
      E não percebi qual é a parte do copo meio vazio referente à % de internamentos de infectados com covid ter descido de 13% para 3%.

      5 - Demonstra um completo desconhecimento de como funcionam as vacinas.
      Não existe nenhuma vacina que tenha uma eficácia de 100%. Além de haver pessoas que por razões médicas não podem levar a vacina, como os imunosuprimidos.
      As vacinas são para protegerem a comunidade como um todo, mas só funcionam se houver uma % significativa da mesma vacinada. Caso contrário voltamos a ter doenças "irradicadas" (https://www.dn.pt/vida-e-futuro/o-que-precisa-de-saber-sobre-o-surto-de-sarampo-10244622.html) ...and yep, o sarampo tb mata e tb deixa sequelas para a vida

      6 - rácio benefício/risco
      A sua afirmação ...
      https://sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2021-07-14-Covid-19.-Vacinacao-altera-perfil-dos-internados-5f631a36

      ...além de me parecer (opinião pessoal) que se um filho/neto infectar um pai/mãe/avô/avó e este morrer, as consequências serão mais do que debilitantes para o mesmo ao longo da sua vida

      Eliminar
    7. 1 - Alguns "youtubers" nacionais já foram vitimas de censura e no Facebook também conheço alguns casos.

      2 - Dados agregados não tenho, tem de somar todos um a um e obtem os valores; Dados do dia 3/07/2021:
      Pfizer 8426 + Moderna 4605 + AZ 3871 + Janssen 601 obtem os 17,5k (sem bullshit, dados já desatualizados portanto agora já passam os 19k). Pelo que percebi no nº de casos relativamente a serem metade a explicação é que esse número é dos que apresentaram sintomas 1.6M e aproximadamente 50% desses, tiveram os problemas apresentados na base de dados.

      3 - Teste covid-19 RT-PCR só comprova doença for verificado por exame de Radiologia!

      4 - O copo meio vazio era por evidenciar só a parte negativa da coisa. Não ligue.

      5 - Eu sou vacinado, não foi para proteger a comunidade, foi a mim. Se uma vacina não me proteger a mim não a quero!

      6 - Como é que prova que quem infectou quem? Chama o CSI?

      Eliminar
    8. E pelo seu ponto 5 ficamos a saber a sua visão da sociedade e qual é o seu contributo para a mesma.

      6 - Medicina legal ou patologista... mas a maior parte das vezes basta a linha temporal e ver quando apareceram sintomas.

      3 - Nope. O que está aceite pela comunidade médica é o PCR, com uma precisão ~90% . E no mínimo a pessoa fez 2 testes para despistar falsos positivos... Veja probabilidades condicionadas

      2 - Mesmo assumindo que os números q apresentou são reais, então comparemos com o nº de mortos por COVID:
      https://www.ecdc.europa.eu/en/cases-2019-ncov-eueea
      743,634 Vs 18,928 deaths <- os teu nºs das vacinas
      34,360,339 Vs 1,823,219 injuries reported <- os teu nºs das vacinas
      E se a maior parte dos países Europeus já tem uma taxa de vacinação superior a 50%, foram dadas pelo menos 1 dose a 50% da população europeia, logo 746M * 50% = 373M
      Assim vacinas dá uma taxa de mortalidade de 20k/373M = 0,00536 %
      E da covid está nos 743k/34360k = 2,16%


      ...e o que escreveu no ponto 5...pondo de parte a barbaridade da sua afirmação, para a vacina funcionar PARA SI, é necessário que a imunidade de grupo seja superior a 70% devido à variante delta.
      E estes 70% são calculados tendo em conta TODA a população, incluindo imunosuprimidos, crianças com menos de 12 anos, 12-16 ainda não se sabe se se vai vacinar ou não, alérgicos, ...pelo que tem de haver uma taxa de vacinação superior nos outros grupos para compensar os que não podem se vacinados.

      Eliminar
    9. 5 - Não fica a saber visão nenhuma, mas posso-lhe dizer na minha visão não existiam Salgados, Socrates, Vieiras, companhia lda e vendedores da banha da cobra. Vá fazer voluntariado ou caso já o faça, faça ainda mais.

      6 - E isso prova quem infectou quem? Isso não é linear.

      3 - O teste RT-PCR é um teste biológico, não é um teste de diagnóstico. Acima de 32 ciclos de amplificação é considerado lixo, só conta para efeitos estatisticos.

      2 - Não ponho isso em causa, apenas gostaria que informem as pessoas que existem mortes causadas pela vacina experimental da covid19 mesmo sendo em numero baixo mas existem e que não censurem essa informação.

      Onde foi buscar esses 70%? Esclareça-me se faz favor, de preferencia com a fonte. Ficarei mais esclarecido certamente. Obrigado

      Portugal não é um país rico para andar a esbanjar dinheiro em vacinas experimentais e a deixar para trás milhares de outros doentes.

      Sobre a vacinação dos mais novos, aqui uma excelente divulgação da Raquel Varela:
      https://www.youtube.com/watch?v=moQz-T5GY_Q

      Sobre a maioria dos "especialistas da banha da cobra" que aparecem na televisão:
      https://www.youtube.com/watch?v=wXu0a45kCwk

      Sobre a censura na internet:
      https://inconveniente.pt/a-ficcao-ja-nao-e-ficcao/

      Eliminar

[pub]