2021/07/10

Satélites de TV poderão ser usados como defesa contra asteróides

A Airbus realizou um estudo que avalia a possibilidade de se utilizarem satélites de TV para desviar asteróides em risco de colisão com a Terra.

A ameaça dos asteróides é real (que o digam os dinossauros) e existem inúmeros projectos que estudam formas de proteger a nossa civilização caso surja um asteróide que esteja em risco de colidir com o nosso planeta. Quando um desses asteróides for detectado, a rapidez de resposta é essencial, e por isso a Airbus propõe utilizar satélites de TV, que são produzidos e lançados com frequência elevada (em 2019 foram encomendados 15 satélites geoestacionários).

Ao contrário dos satélites Starlink com cerca de 250 kg, estes satélites de TV destinados à órbita geoestacionária têm massas de 4 a 6 toneladas, e poderiam ser usados para colidir contra um asteróide, desviando-o o suficiente para que deixassem de ser um risco para a Terra. E segundo, a Airbus, a sua massa seria suficiente para desviar asteróides com até 300 metros de diâmetro, embora pudessem ser necessários vários satélites "suicidas" para o fazer.

A Airbus acredita que em tal situação de emergência seria possível encontrar entre 10 a 15 satélites prontos para serem lançados no prazo de um mês, mas que poderia ser difícil arranjar foguetes que os lançassem a todos nesse mesmo período de tempo. Além do mais, bastará que o asteróide seja maior, para que esta táctica deixe de ser eficaz (estima-se que o asteróide que provocou a extinção dos dinossauros teria cerca de 10 km de diâmetro). Por outro lado, asteróides de maiores dimensões permitiriam uma detecção a maior distância, dando mais tempo para analisar o problema e tentar encontrar uma solução.

2 comentários:

  1. Mas depois como é que víamos nas notícias se acertamos ou não?
    Há pouco tempo passou um objeto razoavelmente grande que só foi detectado depois de passar por nós, o Oumuamua

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os satélites que fariam o trabalho de colisão seriam de TV.. Como o da claro, por exemplo... Os equipamentos que fazem as análises de asteróides não são os satelites, e sim telescópios e sistemas como o projeto atlas.

      Eliminar

[pub]