2021/07/30

Snapdragon 898 com Cortex-X2 a 3.09 GHz

O novo chip topo de gama da Qualcomm poderá ser o 898, produzido em 4 nm e com um núcleo Cortex-X2 que poderá superar os 3 GHz.

A segunda metade do ano traz-nos sempre algumas novidades nos chips; a Apple apresenta o que equipa a sua nova geração de iPhones, e a Qualcomm revela o seu próximo topo de gama, que este ano deverá ser o Snapdragon 898 que marcará a transição para os núcleos ARMv9. A par do seu núcleo principal Cortex-X2 de alto-desempenho, que se espera que possa chegar aos 3.09 GHz, o 898 deverá estar equipado com 3x Cortex-A710 e 4x Cortex-A510.

A nível das melhorias, o X2 dev deverá ser 16% mais veloz que o anterior X1, enquanto os núclos A710 prometem ser 30% mais eficientes. O chip deverá ser produzido pela Samsung com tecnologia de 4 nm, derivada do seu actual processo de 5 nm, mas potencialmente optando pelo processo de 4 nm da TSMC para um Snapdragon 898+ que se venha a seguir nos meses seguintes. Uma opção que se espera que traga mais benefícios que o simples aumento da frequência máxima de 2.84 GHz para 3.0 GHz que se teve do 888 para o 888+.
Embora a corrida aos GHz possa beneficiar os chips que vierem a ser aplicados em tablets, portáteis ou dispositivos que possam ter capacidades de dissipação ou ventilação mais avançadas, importa relembrar que nos smartphones já se começou a atingir há algum tempo os limites térmicos, que impedem que estes chips possam funcionar à frequência máxima por mais que alguns instantes.

De qualquer forma, irá ser interessante comparar, mais uma vez, as opções da Qualcomm neste seu Snapdragon 898 com as que a Apple vier a fazer no seu próximo A15.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]