2021/07/30

Teslas já podem usar hotspot WiFi em movimento

A Tesla lançou uma actualização com alterações há muito pedidas pelos clientes, como gravação automática de acidentes e possibilidade de usar hotspots WiFi em movimento.

Com a mais recente actualização (não, ainda não é o prometido modo de condução autónoma total prometido há anos), os Tesla ganham algumas novas capacidades de ordem prática que beneficiarão os seus utilizadores nas coisas do dia a dia. Por exemplo, passa a estar disponível um "modo de lavagem", que fecha todos os vidros, tranca a porta de carregamento, e desactiva os limpa-pára-brisas, sentry mode, fecho automático de portas e alertas dos sensores de proximidade; opcionalmente com modo de deixar o carro "em ponto morto" para poder rolar se for numa máquina de lavagem que puxe o carro.

As gravações da dashcam, que tinham que ser activadas manualmente (ou quando se buzinava), passam também a poder registar automaticamente vídeos em caso de acontecimentos de emergência, como activação dos airbags ou colisões). Os modelos com espelhos com escurecimento automático podem activar ou desactivar esse escurecimento. Nos serviços de streaming, para além do YouTube e Netflix, passamos a poder ver também o Disney+ (se tiverem a subscrição do serviço).

Mas, talvez a que será mais interessante para quem não está interessado em pagar pelo acesso à internet da Tesla, é a possibilidade de poder usar um hotspot WiFi em movimento. Até agora os Tesla podiam usar o acesso à internet via WiFi quando estavam parados (por exemplo, à porta de casa), mas assim que colocavam o carro em andamento o acesso via WiFi era desligado. Agora, poderão manter o modo WiFi activado, acedendo à internet a partir do seu smartphone ou de um router mobile - dispensando a necessidade de estar a pagar por múltiplos serviços de acesso à internet.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]