2021/08/02

Google revela Pixel 6 com chip Tensor

A Google fez uma pré-apresentação dos seus próximos Pixel 6 e Pixel 6 Pro que, para além do design original, estreiam um novo chip SoC Tensor.

A Google segue as pisadas de outros fabricantes (Apple, Samsung, Huawei) que optaram por criar chips próprios para os seus smartphones, e aplica-lhe o nome já usado nos seus aceleradores TPU (Tensor Processing Units): Tensor. Infelizmente, por agora é mesmo só o nome que ficamos a saber, com a Google a não revelar detalhes sobre que núcleos está a usar para CPU e GPU.
O Pixel 6 Pro vem com com ecrã QHD+ de 6.7" a 120 Hz, com margens ligeiramente curvas, e três câmaras na traseira (normal, ultrawide e telefoto 4x) sem revelar quantos megapixeis tem cada sensor. No Pixel 6 normal o ecrã reduz-se para um FHD+ de 6.4" a 90 Hz, e perde a câmara telefoto. Uma parte que se torna característica destes modelos, mas que não será consensual, é que em vez de um ressalto na secção das câmaras, temos um "ressalto" a toda a largura na parte traseira. É uma opção incomum e que não agradará a todos, mas que tem como grande vantagem o facto de permitir pousar o smartphone numa mesa sem que este fique a "oscilar". De resto, temos que aguardar pelas capas de protecção para ver até que ponto será possível disfarçar este elemento.

A Google diz que este seu chip permitirá avanços revolucionários, que vão além daquilo que tem sido feito com a inclusão de módulos de aceleração de processamento AI. Para já, aposta na melhoria do seu sistema de fotografia computacional, permitindo captar imagens com os diversos sensores que depois são combinados para criar uma imagem final de melhor qualidade, e também capacidade para aplicar o processamento HDR que dantes era apenas feito às fotos, a cada frame de um vídeo em tempo real. Fora da área fotográfica, a Google mostrou coisas como reconhecimento de voz e traduções, feitas sem necessidade de uma ligação à cloud.

Este é o culminar de um trabalho iniciado há quatro anos, e vai ser interessante ver em que é que isso se traduz em termos reais. Mas para isso será preciso esperar mais alguns meses, até que estes Pixel 6 sejam lançados - e esperando-se que tenham um preço que não vai ter vergonha de acompanhar os topos de gama dos outros fabricantes.


Actualização: afinal o chip Tensor pode ser apenas um Exynos da Samsung.

2 comentários:

  1. Mais do que o preço eu até diria que seria bom finalmente ver a google com um plano para mais paises e nao apenas USA e UK. É Ridiculo uma companhia como a google nao fazer um lançamento mundial, ou pelo menos tentar.

    Aguardo com expectativas mesmo baixas...a google tem sido uma desilusão nos ultimos 3 ou 4 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Google é uma desilusão desde 2015. Desde o último Huawei Nexus 6P que passou a ser desinteressante continuar com a Marca.

      Eliminar

[pub]