2021/09/26

Noruega proíbe venda de carros a combustão em 2025 - mas pode atingir isso já em 2022

A Noruega tem uma das mais ambiciosas metas para o fim da comercialização dos carros a combustão em 2025 - mas na prática poderá conseguir esse objectivo no próximo ano (2022).

Enquanto alguns países vão timidamente atirando a perspectiva do fim da venda de automóveis com motores a combustão lá para o final da década, e com inúmeras ressalvas que poderão permitir que continuem a ser vendidos por muitos mais anos, na Noruega essa proibição está programada já para 2025 - mas o mais impressionante é que o próprio mercado poderá antecipar isso já para o próximo ano.

Segundo as últimas projecções, as vendas de carros a combustão na Noruega poderão terminar já em Abril de 2022.
No passado mês de Julho as vendas de carros a gasolina e diesel caíram para menos de 1000 unidades por mês, e olhando-se para o top de vendas deste ano, temos 14 carros 100% eléctricos nas 15 primeiras posições - com o Tesla Model 3 a liderar as vendas.

Este seria o exemplo perfeito que, idealmente, deveria ser replicado em todos os países, com o próprio mercado a antecipar-se às "proibições" que vierem a ser impostas, e dessa forma tornando-as praticamente irrelevantes. Infelizmente, suspeito que por cá continuaremos a servir como país de despejo para automóveis a combustão usados vindos de outros países por muitos mais anos; embora seja inevitável que também isso comece a sofrer uma transição para a importação de carros eléctricos usados, a preços mais convidativos que os que por cá são praticados.

10 comentários:

  1. Quando se pensa que os automóveis eléctricos são a última bolacha do pacote e que vão salvar o mundo.. O motor de combustão irá durar e não será o elétrico que o vai matar. Se acontecesse isto em Portugal (a abatem com os motores de combustão) a rede elétrica não aguentava. (com vendas residuais já não aguenta)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disparate. A rede aguentaria perfeitamente.

      Eliminar
    2. Não aguenta não, e ainda por cima o preço exorbitante da electricidade... é pra rir

      Eliminar
    3. A rede boa temos e aguentar o carregamento completo de 100 das baterias todos os dias. Assim como um carro a combustão que vá atestar o depósito todos os dias, a quantidade de combustível que mete é apenas a que gastou no próprio dia. Um carro elétrico que faça 400km mas só ande 40km em média no dia a dia só vai precisar de abastecer 4km/h ao longo de 10h que será o período noturno. Isto representa um consumo idêntico a uma torradeira, nem ninguém precisa de aumentar o contador de eletricidade.

      Eliminar
    4. "a rede elétrica não aguentava" Isso é um mito já desmentido à muito tempo.

      Eliminar
  2. Por cá até se exportam catalisadores e filtros de partículas em segunda mão porque deve haver muita gente que pensa que precisamos mais de dinheiro do que saúde... principalmente quem nos governa pois toda a gente sabe disto há anos mas continua a não haver inspecções na via pública a este problema.

    ResponderEliminar
  3. Noruega tem renda alta. Com o valor dos elétricos é um crime contra os menos favorecidos.
    Carro elétrico tem uma simplificação mecânica brutal e o custo da bateria não justifica os altos preços.

    ResponderEliminar
  4. O próprio CEO da Citroen já veio dizer que os eléctricos talvez não sejam pra todas as carteiras. A República Checa já veio dizer que vai chumbar a proibição de produzir motores térmicos, até porque irá existir combustíveis alternativos, e essa dos carros elétricos salvar o mundo, é pura hipocrisia, só negócio de milhões, não vê quem não quer, é só olhar para a Tesla e ver o que factura

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Tesla deve ter sido só a empresa do ramo automóvel que mais cresceu num espaço de 15anos cresceu do 0 até se tornar a mais valiosa em bolsa. Sr dá lucro ou não só tem que ver com a forma como o reinvestimento está a ser feito, mas se a intenção era mudar o mundo para carros elétricos estão a conseguir muito bem e isso é o maior lucro que todos podemos ter.

      Eliminar
  5. Mas não proíbam a sua venda de petróleo do mar do norte, certo?

    ResponderEliminar

[pub]