2021/11/15

Huawei tenta contornar sanções com licenciamento a outras empresas

Depois de ter separado a divisão Honor, a Huawei tenta escapar às sanções dos EUA licenciando os seus modelos a outras empresas e usando novas marcas.

Com a separação da Honor a ter dado os resultados pretendidos (a Honor vai finalmente voltar a ter acesso aos serviços e apps Google nos seus Android), a Huawei vai preparando a próxima fase da sua táctica para se manter no mercado. A ideia é idêntica à da separação da Honor numa empresa distinta, mas agora procurando multiplicar isso com várias outras empresas.

Estando impedida de ter acesso directo a empresas, produtos e serviços de empresas norte-americanas, a Huawei vai licenciar os seus designs a outras empresas, para que sejam elas a poder produzir os "seus" produtos, sob as suas próprias marcas. Aliás, isso já é feito com uma empresa pertence aos serviços postais e de telecomunicações da China, que deu origem à Xnova, que vende smartphones "Nova" - na prática, smartphones Huawei, mas sob uma marca diferente.

É uma táctica que irá levar ao limite a interpretação da aplicação das sanções norte-americanas. A Huawei não pode ter acesso aos seus fornecedores e produtos, mas que tal se forem outras empresas a fazerem produtos idênticos?

Mas mesmo que funcione, a verdade é que o mal já está feito. A Huawei estava num ponto em que se preparava para se tornar no maior fabricante de smartphones mundial, superando a Samsung, e com uma única decisão vinda dos EUA esse futuro esfumou-se. Apesar de todo o esforço na construção do HarmonyOS e ecossistema alternativo ao da Google, as vendas caíram a pique, dando a oportunidade para que marcas como a Xiaomi se apressassem a ocupar o seu lugar.

A grande incógnita, é saber se o mesmo se irá repetir se houver outra marca chinesa que volte a ficar em posição de dominar o mercado mundial.

3 comentários:

  1. O problema da huawei foi terem tentado entrar no mercado norte americano. Tenho um mate 10 pro com quase 4 anos e não troco por nada... É uma máquina!

    É pena porque a huawei é mesmo muito boa a nível de hardware e software

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A nível de software é muito boa? Só pode ser opinião pessoal porque com a quantidade de porcaria que trazem instalados, os OnePlus (por exemplo) são bem melhores (pelo menos para já; depois da fusão do OxygenOS e do ColourOS vamos ver...).

      A nível de hardware, são bons, mas não na totalidade.
      Por exemplo, pelo que já pude ver ao vivo, no que diz respeito ao alcance wireless, 1 OnePlus 7 Pro não dá mínima hipótese ao Huawei P20 Pro, P30 Pro e outro de uma gama inferior do qual não me recordo o modelo. Onde os Huawei não apanhavam o sinal wifi, o OnePlus 7Pro apanhava tranquilamente, sem qualquer quebra.

      Nota:
      Não defendo "camisolas", ou se quisermos outro termo, não tenho palas relativamente a qualquer marca.
      Com isto quero dizer que não estou a dizer que os OnePlus são os melhores do mundo (ainda para mais com a borrada que têm feito com o 7Pro... 🤦🏼)

      Eliminar
  2. O problema dos americanose e que tecnologia não tem nada e fez confusão a Huawei estar na vanguarda e até no topo do 5g..logo forma a correr dizer que eles espiam o mundo dos americanos...até da pararir depois de eles serem os maiores espiões em tudo...
    A huawei tem coisas boas e más como todos mas estava na linha da frente .....
    Vamos ver o futuro..

    ResponderEliminar

[pub]