2021/11/01

iPhones vão detectar acidentes em 2022

Para 2022 a Apple quer adicionar aos iPhones a capacidade de detectarem acidentes de automóvel para fazerem chamadas de emergência automaticamente.

Os nossos smartphones estão repletos de sensores que lhes permitem saber exactamente como se estão a mover, e por isso é também extremamente fácil detectar desacelerações súbitas ou impactos, como os que resultam de um acidente de automóvel. Isso não será completamente estranho à Apple, pois já implementa um sistema de detecção de quedas nos Apple Watch, cujo princípio de funcionamento é o mesmo - tratando-se apenas de transpôr o mesmo conceito para os iPhones para detectar acidentes automóveis, com os devidos ajustes para as forças envolvidas.

A Apple tem usado informação recolhida dos iPhones e Apple Watch, tendo detectado mais de 10 milhões de colisões prováveis, mas focando-se nas cerca de 50 mil em que este evento foi seguido de uma chamada para os serviços de emergência - o que serve como uma confirmação essencial de que se tratou de facto de um acidente.

Os automóveis modernos já são obrigados a ter sistemas de aviso para os serviços de emergência em caso de acidente, mas considerando os milhões de veículos antigos que permanecem em circulação, ter uma funcionalidade destas no smartphone seria um excelente contributo para acelerar a chegada dos serviços ao local do acidente, mesmo no caso do condutor ou passageiro estarem incapacitados.

Tal como acontece actualmente no Apple Watch para a detecção de quedas, deverá ser implementado um período de alerta que dá tempo ao utilizador para cancelar o processo, no caso de não ser necessário contactar ninguém.

2 comentários:

  1. Os Píxeis da Google já teem isso nos USA e em outros países, pena que não cheguem cá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, lembro-me de ver esta funcionalidade anunciada para os Pxel há uns 3 ou 4 anos

      Eliminar

[pub]