2021/12/07

Gmail com chamadas de voz e vídeo 1-para-1

A Google continua a tentar recuperar do adeus ao Hangouts, agora com chamadas de voz e vídeo 1-para-1 no Gmail via Google Meet.

As voltas e reviravoltas da Google nos serviços de mensagens e comunicações é tópico que daria uma trilogia de duração superior à do Lord of the Rings, mas por agora ainda está na fase de apenas tentar fazer aquilo que teve durante anos. Os utilizadores Google desde há muito que tinham a possibilidade de fazer chamadas de voz e vídeo via Hangouts, mas com a transição para o Google Meet (que inicialmente nem era destinado para uso pelos utilizadores comuns, mas sim uma ferramenta para empresas - e que a pandemia Covid-19 obrigou a rever pelo aumento de casos de tele-trabalho) ficou-se na ridícula situação de ter uma ferramenta adequada para chamadas em grupo, mas pouco prática de utilizar nas chamadas um para um.

É algo que agora fica resolvido, com nova forma de iniciar chamadas com outra pessoa, dispensando a necessidade de fazer um convite para se juntar a uma "conferência".
No entanto, continuamos com a situação ridícula da Google continuar a acrescentar tudo isto à app do Gmail. Mesmo quem iniciar uma chamada na app do Google Chat será redireccionado para o Gmail(!) - arrasando com qualquer esperança de quem quisesse manter o Gmail apenas como app para email e não um conglomerado de funções que deveriam estar nas apps respectivas (incluindo o Google Chat ou Google Meet).

Por este andar, ficamos a aguardar que pelo momento em que a Google também decida adicionar o Google Maps, Google Photos, Google Translate, Chrome, Gboard, e - porque não, já agora - também o YouTube, Stadia, e mais alguma que me esteja a falhar. Ficaríamos com o Gmail OS!

3 comentários:

  1. Carlos, partilho da tua frustação com a Google. Que empresa é esta, que goza com os utilizadores com as trocas e baldrocas que faz!!?? A Google faz de nós todos umas cobaias das suas eternas experiências loucas!!!
    haja paciência.

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o Carlos e acrescento que a Google ti há tudo para liderar este segmento de chamadas e mensagens, e deitou tudo a perder. E pior, agora com este conglomerado no Gmail arrisca-se a também aqui perder o protagonismo.

    ResponderEliminar
  3. ainda estão para perceber porque é que perderam o comboio qd mataram o gtalk.

    ResponderEliminar

[pub]