2021/12/07

Telegram com conteúdos protegidos anti-screenshot e login por "chamada não atendidas"

O Telegram tem novas funcionalidades, incluindo conteúdos protegidos, comentários anónimos, eliminação por datas e muito mais.

Mais um mês, mais uma dose de novidades no Telegram.

Para começar, temos a possibilidade de publicar conteúdos protegidos, que os utilizadores não poderão descarregar nem sequer captar via screenshot - um sistema que não será garantido a 100% (podem sempre tirar uma foto do ecrã), mas que dificultará o processo de fácil partilha. Também há mais fácil gestão das conversas, com possibilidade de as eliminar por data; e também mais possibilidades de gestão dos equipamentos que têm login feito na nossa conta, com opção para auto-logout após certo tempo de inactividade. Nos grupos públicos passa também a ser possível publicar e comentar de forma anónima.

Também temos temas globais no Android e reconhecimento de texto nas fotos no iOS, mas uma das coisas mais curiosas é o novo sistema de validação de login por chamada telefónica.
Normalmente, os sistemas de autenticação 2-factor funcionam enviando um código SMS para o utilizador, que tem que ser introduzido para validar a sua identidade. Mas neste caso, o Telegram recorre a um sistema ligeiramente diferente que evita o custo do envio da mensagem. O código que o utilizador são os últimos dígitos do número de telefone que lhe deu "um toque". Embora não evite a questão da falta de segurança no caso de ataques SIM Swap (que desaconselham o uso dos SMS, e desta validação via telefone) não deixa de ser bastante engenhoso.

Esta nova versão já está disponível para Android e iOS nas respectivas stores.

1 comentário:

  1. Eu uso Signal, de preferência, mas também Telegram, e tenho de dizer que fico sempre de boca aberta com a capacidade de inovação desta empresa. Além de que a app funciona maravilhosamente, rápida e com poucos recursos de dados, o que para mim acaba por ser muito importante na hora de fazer vídeo chamadas ou chamadas

    ResponderEliminar

[pub]