2022/01/18

Microsoft compra Activision Blizzard

A Microsoft quer reforçar a sua posição nos jogos, e prepara-se para juntar a Activision Blizzard ao seu catálogo.

Depois da compra da Bethesda, a Microsoft prepara-se para juntar outro gigante dos videojogos à sua divisão Xbox, a Activision Blizzard, que engloba a Activision, Blizzard e King. São estúdos responsáveis por jogos como Warcraft, Starcraft, Diablo, Call of Duty, Overwatch, e também o simples mais imensamente viciante Candy Crush.

É uma aquisição que vem dar ainda mais peso à MS e Xbox, especialmente tendo em conta que muitos destes jogos serão seguramente adicionados ao Xbox Game Pass, que dá acesso a centenas de jogos mediante uma subscrição mensal - que pode também incluir os jogos em PC para além dos jogos na Xbox - e que não se limita a oferecer jogos "baratos" ou "antigos", mas também jogos bastante aguardados logo desde o dia de lançamento, ou até com direito a pré-lançamento. É uma proposta que já inclui também o Origin da EA, e que com cada nova aquisição e reforço do catálogo de jogos, se vai tornando cada vez mais apetecível.

É uma aquisição que calha bem para a MS, tendo em conta que a Activision tem estado mergulhada em casos polémicos de abuso dos seus trabalhadores, e que tem obrigado a grandes remodelações. Algo que seguramente contribuirá para que a MS consiga "um bom negócio".

2 comentários:

  1. Isto faz-me lembrar quando o Facebook comprou o whatsapp... A multa só vai chegar daqui a uns anos?

    Ridículo não existir qualquer tipo de esforço para criar regras neste sector. Uma coisa é comprar um estúdio, outra coisa é fazer o que a Microsoft está a fazer.

    Quem acha que isto é algo positivo para o consumidor final, pense duas vezes.

    ResponderEliminar

[pub]