2022/02/03

Facebook perde utilizadores pela primeira vez

Num mundo obcecado pelo crescimento infinito, o Facebook dá os primeiros sinais de fraqueza ao perder utilizadores pela primeira vez.

Apesar de todas as polémicas passadas ao longo dos últimos anos, o Facebook (agora Meta) conseguiu sempre manter sempre um número crescente de utilizadores. Mas essa era chegou finalmente ao fim, fazendo antever que o "pico" do Facebook possa ter sido atingido, e de agora em diante seja sempre a descer.

Por agora a queda é quase simbólica, passando de uma média 1.93 mil milhões de utilizadores diários para 1.929 mil milhões, mas torna-se num marco por ter sido a primeira vez que o FB anunciou uma redução no número de utilizadores. Algo que algumas pessoas consideram ser o "sangue na água" que revela o início do fim da era do Facebook.


Não há dúvidas de que o Facebook / Meta enfrenta uma fase complicada, ao estar sujeito a escrutínio adicional em múltiplas frentes: privacidade, aquisições, publicidade direccionada com restrições, etc. E embora esteja a fazer uma grande aposta no VR, esse eventuais frutos estarão ainda a meia-década (ou mais) de distância.

Por outro lado, é preciso não descontextualizar. O FB continua a ter mais de 1.9 mil milhões de utilizações diários, e mesmo que esteja com dificuldade em cativar os mais jovens, os actuais utilizadores não se irão dissipar de um dia para o outro. E, só ano ano passado, teve quase 40 mil milhões de dólares de lucro. Tal como outros impérios digitais de antigamente, o seu declínio não será algo que aconteça rapidamente, mas sim um processo gradual de perda de interesse ao longo de vários anos que o torne irrelevante.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]