2022/02/09

Ford diz que poderia competir com a Tesla - se conseguisse produzir veículos suficientes

O CEO da Ford parece ter descoberto a constatação do óbvio, dizendo que seria capaz de competir com a Tesla se conseguisse produzir veículos eléctricos suficientes.

A Ford parece estar motivada pelo interesse gerado pela sua F-150 Lightning, que venderia "aos montes" caso as tivesse para vender. Um interesse de tal ordem que a Ford já teve que proibir os concessionários de inflacionarem os preços, e também quer impedir que os compradores as possam revender no primeiro ano. Mas a questão aplica-se a muitos outros fabricantes: todos eles poderiam "competir" com a Tesla - se - conseguissem produzir automóveis eléctricos suficientes.

Basta relembrar que nem a Tesla tem tido capacidade para produzir veículos em volume suficiente para a procura. Os novos Model S e Model X continuam sem data certa para serem disponibilizados na Europa, e continuamos a aguardar que a Gigafactory Berlim comece a fazer-nos chegar os Model Y europeus com as suas melhorias no processo de produção.

Tal como muitos fabricantes foram obrigados a suspender ou alterar modelos por causa da falta de componentes, o mesmo se aplica aos modelos eléctricos que não podem dispensar a necessidade de packs de baterias, cuja capacidade de produção mundial é limitada e não está (ainda) apta para dar resposta às necessidades de produção em volume de todos os fabricantes.

Mas uma coisa é certa: estes constrangimentos e atrasos que têm afectado a Tesla serão seguramente apreciados pela Ford e outros fabricantes, que só têm a beneficiar com isso. Estamos numa "corrida" para que a toda cadeia de produção se adapte para a transição para os eléctricos, e será uma questão de tempo até que todos os fabricantes os possam produzir a toda a velocidade.

1 comentário:

[pub]