2022/03/21

iPad Air 5 poupou no alumínio e agora parece frágil

O mais recente iPad Air 5 da Apple parece não estar à altura da qualidade que era esperada para um produto Apple.

Há vários clientes que estão a ficar desapontados com os seus novo iPad Air 5. Para pessoas que tinham o anterior iPad Air 4, o novo iPad Air 5 deixa a sensação de que a parte traseira em alumínio é bastante mais fina que o habitual, fazendo com que ceda à pressão e faça ruídos. Algumas pessoas chegam ao ponto de dizer que permite que se sinta a posição da bateria através do metal, e que basta aplicar uma pequena pressão para que se comecem a notar efeitos no ecrã.

Alguns utilizadores referem que a utilização de uma capa de protecção atenua esta sensação, mas considerando que a Apple habituou os seus clientes a que os iPads tivessem uma boa sensação de rigidez e solidez, este acaba por ser um retrocesso que não será bem recebido. Aliás, basta relembrar que até um iPad Pro dobra com facilidade), pelo que este novo iPad Air 5 seguramente não se comportaria bem nesse teste - mas, em questões do dia a dia, pode significar que fique mais exposto a deformações até em uso normal, quando é transportado numa mochila, por exemplo.

É quase certo que este caso da espessura reduzida do metal no iPad Air 5 não se irá ficar por aqui, mas por agora ficamos a aguardar pelo habitual desmantelamento feito pelo iFixit, para ver o que eles dizem sobre isso. Há também que já tenha começado a criticar os sites de tecnologia que apresentaram análises a este iPad Air 5, e que não referiram este aspecto que foi imediatamente notado pelos primeiros clientes.

1 comentário:

  1. É um modelo sem sentido:
    - modelo base, caro, 64 GB de flash o que é de rir!
    - 60 Hz?!
    - não suporta thunderbolt

    No final tens um modelo que pouco mais faz que um iPad base (o chip M1 já é demasiado potente para as apps e sistemas iPadOS) e para algo decente tens que comprar 256 GB (não há 128 GB) ficando do preço do PRO.

    O Pro do faz sentido com teclado e rato. E com isso custa mais que um MacBook Air...

    Em suma: melhor um iPad base ou Pro usado. Ou um base + MacBook Air

    ResponderEliminar

[pub]