2022/03/25

ONU quer alertas meteorológicos mundiais

A ONU quer fazer chegar alertas meteorológicos a todas as pessoas do mundo, num prazo de 5 anos.

São cada vez mais as pessoas que vêem o seu smartphone informá-las de situações meteorológicas perigosas, mas a Organização das Nações Unidas quer que isso não seja um privilégio de apenas alguns países, e avança com o ambicioso plano de fazer chegar os alertas meteorológicos a todas as pessoas do mundo - e fazê-lo num prazo de cinco anos.

Considerando as alterações climáticas, este sistema arrisca-se a ser uma necessidade inevitável, e já temos tido alguns exemplos de como a tecnologia se pode tornar num auxiliar precioso para salvar vidas - como no caso em que milhares de pessoas receberam um alerta antecipado de terramoto, dando-lhes preciosos segundos que podem fazer a diferença entre a vida e a morte.

No Bangladesh, um ciclone em 1991 matou 138 mil pessoas; em 2019, graças aos sistemas de alerta antecipado e abrigos construídos, morrem menos de 20 pessoas quando o país foi fustigado pelo ciclone Fani.

1 comentário:

  1. O último parágrafo é totalmente esclarecedor.

    Há décadas que existem milhões imediatos para armamento pesado e nuclear, então, porque não haverá um décimo dessa parte para sistemas de aviso de catástrofes?

    Ah, não espera lá... Temos de ir até Marte primeiro!

    ResponderEliminar

[pub]