2022/03/27

Toyota apresenta visão "Beyond Zero"

A Toyota está a apresentar a visão da marca para o futuro da mobilidade e da sociedade.

A campanha reforça os valores assentes no trabalho que a marca tem vindo a fazer há mais de 20 anos para ir "além do zero"; além das zero emissões, zero restrições, zero barreiras, zero acidentes e construir uma sociedade mais sustentável, mais inclusiva e com total mobilidade.

Para além das já conhecidas inovações disponíveis no nosso mercado, como o eléctrico a hidrogénio Mirai, e ampla oferta de híbridos e híbridos plug-in, é dado particular destaque ao Toyota bZ4X 100% eléctrico, que chegará ao mercado nos próximos meses, ou ainda, o autocarro citadino H2.CityGold a hidrogénio produzido em Portugal pela CaetanoBus.

[publicado originalmente no Pela Estrada Fora]

4 comentários:

  1. Este artigo é pago?
    A Toyota é a marca que mais atrasada está na electrificação automóvel.
    Inovação em hidrogénio, uma tecnologia completamente inútil e sem futuro.
    Os valores que têm é fazer lobby político nos EUA para perpetuar uma indústria poluente.
    A grande questão é, será que a Toyota irá à falência esta década?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto a eletrificação do automóvel foi popularizada nos últimos anos e devido a lobbys começaram a dar mais apoios nesse sentido (principalmente porque a Tesla comprovou a validade deste modelo). Contudo o hidrogénio era bastante caro para obter e nunca foi realmente trabalhado ao nível da eficiencia. Parece-me um caminho dificil para a toyota percorrer sozinha (e talvez o faça realmente devido ao atraso na eletrificação apesar de manter uma equipa de competição com um veículo com alguma motorização elétrica que tem tido sucesso) mas dizer que é uma tecnologia inútil e sem futuro parece-me complicado quando também me parece que não houve estudo realmente aprofundado. Claro que eles já estão a vender alguns do outro lado do atlântico que neste momento não estão nem perto do ponto evolutivo que deveriam estar para ser alternativa aos elétricos

      Eliminar
  2. Pessoalmente considero que a fuel cell de hidrogénio foi perdido a sexyness que anteriormente teve. Mas também tem vantagens. Nós vivemos obcecádos com a ideia destas soluções mágicas que servem toda a gente. Mas na indústria, muitos declaram que tudo o que seja veículo pesado não terá futuro elétrico, pelo menos com a tecnologia actual. Na verdade a tecnologia atual é bastante limitada, é cara, exige terras raras que não estão facilmente acessíveis (sobretudo com o novo panorama geopolítico na calha), para reciclar só se vêm casos de nicho. O hidrogéno, não é o mais eficiente em comparações de technicals side-by-side, mas a aviação e o transporte marítimo podem ter nele o futuro zero-carbon e mesmo no veículos ligeiros não sendo o mais eficiente (somando o total cost of ownership), para muitas pessoas o perfil de utilização pode fazê-lo justificar-se. E o impacto ambiental é mais reduzido. Escolham o vosso veneno :p

    ResponderEliminar
  3. Desde que fizeram os primeiros Toyota Prius (há mais de 20 anos) que os consumidores pediam uma opção para os poder ligar às tomada, mas a Toyota apesar de estar bem posicionada pois a tecnologia dos híbridos já tem muito em comum com os elétricos sempre ignorou estes pedidos e só mais recentemente quando já todas as marcas tem modelos elétricos é que a Toyota lá fez uma.ligeira geração ao híbrido do vencional para poder ser híbrido plugin. Mas é lamentável que tenham estado tanto tempo a remar contra a maré tendo em conta que já estavam a 90% do caminho...

    ResponderEliminar

[pub]