2022/04/10

Consumidores dispostos a gastar até 20 mil euros num carro novo

Um estudo sobre "Carros Novos" realizado no nosso país revela as preferências e condições de compra mais valorizadas pelos condutores nacionais.

Realizado pelo StandVirtual em parceria com a Marktest, o estudo marca o lançamento oficial da nova secção "Carros Novos" do Standvirtual. Este estudo indica que a disponibilidade financeira da maior parte dos consumidores inquiridos (28%) para a compra de um carro novo está entre os 15.000€ e os 20.000€, seguindo-se os que admitem gastar entre 20.000€ a 25.000€ (23%). No geral, 53% dos inquiridos pondera comprar um carro novo nos próximos 24 meses e 67,5% em algum momento no futuro.

Os factores mais considerados na compra de um carro novo são, para os consumidores inquiridos, o preço (90%) e os consumos (86%). A marca vem apenas em 4º lugar (45%), logo após o desempenho (47%). Já os motivos que levam à compra um carro novo são, sobretudo, a maior segurança/confiança (30%) e a garantia (12%).

A garantia é, para 49% dos inquiridos, precisamente uma das maiores vantagens na compra de um veículo novo, logo seguida pela tecnologia mais recente (22%). Por outro lado, as desvantagens mais indicadas são o preço mais elevado (41%) e a rápida desvalorização no mercado (31%).

A Mercedes é indicada como a marca de maior confiança pela maior parte dos condutores questionados (20%), com a Toyota e a BMW a ocupar o segundo e terceiro lugares, respectivamente, com cerca de 10%. Quanto aos modelos, os SUV são os favoritos para 39%, que o escolheriam na hora de comprar um carro novo. Os citadinos ocupam o segundo lugar (32%).

[publicado no Pela Estrada Fora]

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]