2022/05/01

Refresh rate variável do OnePlus 10 Pro arruína scrolling

Passar para um smartphone de 120 Hz pode não garantir a fluidez que se imaginava obter, como demonstra o OnePlus 10 Pro.

O OnePlus 10 Pro é apresentado como sendo um smartphone topo de gama, onde não falta um ecrã de 120 Hz com refresh rate variável. Infelizmente, a forma como a OnePlus implementa a mudança dinâmica de refresh rate arruína por completo a experiência de scrolling.

O problema não está na utilização dos 120 Hz em si, mas sim na forma como a OnePlus faz a alteração da frequência. Para poupar energia, o ecrã pode mudar entre 120 Hz, 60 Hz, 30 Hz, e até 1 Hz, dependendo do que estiver a apresentar. Assim, num ecrã estático, o sistema pode apenas apresentar uma imagem por segundo, poupando energia. Mas, na prática, não funciona assim tão bem.
A OnePlus parece ter sido demasiado agressiva nesta poupança de energia, fazendo com que o OnePlus 10 Pro mude rapidamente para o modo de 1 Hz, mas depois demore a regressar aos 120 Hz quando há movimento. O resultado, é um atraso substancial quando se está a fazer scrolling numa app, com o ecrã a sofre atraso no arranque do movimento - e que é denunciado no vídeo acima, que exibe a frequência do ecrã no topo esquerdo.

A vantagem é que, ao contrário dos ecrãs com efeito "jelly scrolling", isto é algo que poderá ser facilmente corrigido através de uma actualização, bastando acelerar a entrada em funcionamento do modo dos 120 Hz - por exemplo, assim que o utilizador toca com o dedo no ecrã, já que previsivelmente irá fazer qualquer interacção com o que lá está. Esperemos que seja algo que a OnePlus corrija em breve.

1 comentário:

  1. O mais grave é isso já vir assim, e que ninguém da OnePlus ter dado por isso antes. Falta de profissionalismo.

    ResponderEliminar

[pub]