2022/05/15

Tesla pede à Panasonic para acelerar baterias 4680

A Tesla não quer ser apanhada sem baterias e pede à Panasonic que acelere a produção das novas baterias 4680.

Apesar das novas células 4680 terem sido apresentadas em 2020 e a Tesla já ter produzido 1 milhão delas, a empresa de Elon Musk está a pedir ajuda à Panasonic para acelerar a sua produção.

As células 4680 permitem uma maior densidade energética e têm duas grandes vantagens face às células anteriores: 1) podem ser produzidos numa linha de produção em sistema contínuo, que facilita a sua produção em volume; 2) podem ser usadas como elementos estruturais que dispensam a necessidade de módulos adicionais e contribuem para a rigidez dos veículos, poupando peso, tempo e dinheiro.

A Tesla já está a usar as 4680 nalguns Model Y, mas a verdadeira prova de fogo chega no próximo ano, quando começar a produção e entregas do (atrasado) Cybertruck, já que o Cybertruck base deverá usar cerca do dobro das baterias usadas nos Model 3 e Model Y, sendo algo que seguramente fará parte das preocupações da Tesla e daí este pedido de assistência ao seu parceiro de longa data para se despachar a produzi-las nos volumes que irá necessitar.

E, tendo em conta que é um design standard, além das vantagens acima referidas, não deverá demorar para que outros fabricantes também queiram tirar partido delas, assim que garantirem fornecedores com capacidade de produção.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]