2022/06/13

Lightyear 0 é um carro eléctrico que dispensa carregamento

A Lightyear pode concretizar a promessa de um carro eléctrico que pode circular diariamente sem necessidade de ser recarregado, desde que exista sol suficiente.

As origens da Lightyear remontam ao célebre World Solar Challenge, em que veículos solares tinham que demonstrar o que valiam. Podemos dizer que esse histórico fala por si, já que a empresa foi criada por membros da equipa Solar Team Eindhoven, que venceu o evento em 2013, 2015, 2017 e 2019; no entanto, o desafio de adaptar essa tecnologia de forma a ser viável num automóvel familiar era imensa. Felizmente, estamos prestes a descobrir se isso foi conseguido ou não.

O Lightyear 0 aposta num formato aerodinâmico, e é coberto quase inteiramente por painéis solares com uma área total de 5 m2. Painéis esses que a marca diz serem suficientes para 70 km de autonomia por dia num país como Portugal, ou 35 km na Holanda. Ou seja, ao contrário do infeliz anúncio da Toyota, que descrevia os seus híbridos como "automóveis eléctricos com autonomia ilimitada" usando o motor a combustão para carregar as baterias, neste caso estamos mesmo perante um carro eléctrico com autonomia ilimitada... desde que haja sol.
O carro também aposta num peso reduzido, e adopta um sistema de motores eléctricos integrados nas rodas, o que poupa volume interior. E, no espírito da eficiência, até o calor gerado pelo seu sistema eléctrico é reaproveitado sempre que possível.

Como curiosidade, por causa da cobertura dos painéis solares, não temos direito a tecto panorâmico em vidro, nem sequer um vidro traseiro. A visibilidade para trás é feita usando uma câmara traseira.

No entanto, este é um carro onde a promessa de não ter que recarregar não chegará (ainda) à maioria dos interessados, já que tem um preço de 250 mil euros. Felizmente, para 2023, a marca já vai prometendo o Lightyear 2, que diz que irá custar perto de 30 mil euros.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]