2022/08/17

Análise ao D-Link EAGLE PRO AI


Garantir uma boa cobertura da ligação WiFi por toda a casa é algo indispensável nos dias de hoje mas nem sempre é simples consegui-lo, sobretudo para os utilizadores menos experientes. Para ajudar, a D-LINK lançou um novo conceito de produto, o D-Link EAGLE PRO AI, com três opções de equipamentos, para melhor se adaptar às necessidades de cada um.

Unboxing


D-Link R15


A lateral e a traseira da caixa, apresentam um conjunto de informação, com dados técnicos e algumas das funcionalidades em destaque.


No interior, o router e os acessórios, estes últimos, curiosamente em preto: carregador, cabo de rede e documentação técnica.

D-Link M15


Com uma disposição semelhante à do R15, a caixa dos M15 segue a mesma linha de apresentação, com os dados anteriormente eferidos.


Na caixa, em primeiro plano, os dois equipamentos, por baixo destes, os acessórios, desta vez em branco. A documentação de referência, dois carregadores, mas curiosamente, apenas um cabo de rede, algo que poderá não ser preocupante, se o sinal for estendido via WiFi, para o segundo nó.


A ficha do carregador é removível, sendo que a mesma é facilmente instalável no corpo do carregador.

D-Link E15


A caixa do D-Link E15 é a mais compacta, mas este facto não impediu a marca de seguir o layout utilizado nas caixas dos outros dois equipamentos.


Num primeiro plano, surge a documentação de referência, por baixo desta, o extensor de sinal WiFi.


O cabo de rede encontra-se por baixo do equipamento. 


D-Link EAGLE PRO AI


O conceito gira à volta de três equipamentos compatíveis com a norma WiFi 6, o D-Link R15, um tradicional router, o D-Link M15, kit de nós extensores com duas ou três unidades e o D-Link E15, um tradicional extensor de parede.


D-Link R15


O D-Link R15 conta com quatro antenas móveis, duas de cada lado do router. A parte superior apresenta uma zona perfurada, para melhor dissipação do calor. Na frente, um conjunto de quatro leds: estado, internet, WiFi 2,4GHz e WiFi 5GHz


Na traseira, quatro portas de rede gigabit, uma porta para ligar o modem da operadora, botão para iniciar uma ligação WPS, reset e entrada para a alimentação. A parte inferior, tal como a superior, é igualmente perfurada. Apresenta quatro apoios para não riscar a superfície do local onde for instalado e quatro orifícios, que permitem instalar o equipamento num plano vertical. Um autocolante com informação técnica, facilita o processo de configuração do equipamento, através de um QR-Code, ou via manual, com acesso à página de configuração do router. 

Este router é compatível com as normas IEEE 802.11ax/ac/n/g/b/k/v/a/h, IEEE 802.3u/ab e suporta ligações até 300 Mbps (2.4 GHz), 1201 Mbps nos 5 GHz. No que diz respeito a segurança, suporta os protocolos WPS, WPA2 e WPA3. A Firewall conta com as seguintes funcionalidades: DoS, Stateful Packet Inspection, Anti-poofing Checking, IP/MAC Address Filtering, 1 x DMZ. Mede 195 x 139 x 55 mm e pesa 130g, cobrindo uma área até 230m2.

D-Link M15


Os dois nós do kit D-Link M15 apresentam um design compacto, bastante interessante, permitindo às pequenas caixas, facilmente passar despercebidas sobre uma mesa. Uma área perfurada na zona superior, facilita a ventilação. Na traseira, entrada para a alimentação, entrada para o cabo com ligação à internet, porta de rede para ligar um equipamento via cabo, botão para ligação WPS e reset.


Na zona inferior, outra zona perfurada para ventilação e um autocolante com os dados para a configuração dos nós.

O D-Link M15 apresenta-se em duas configurações, com dois ou três nós (pontos de acesso), sendo que um deles pode operar como router. Conta com duas antenas internas 2.4GHz e outras duas 5GHz, que permitem igualar as velocidades disponibilizadas pelo D-Link R15 (até 300 Mbps (2.4 GHz), 1201 Mbps nos 5 GHz). No que diz respeito a segurança da rede e funcionalidades, repete as especificações do router R15. Cada nó mede 92 x 92 x 93 mm e pesa 220g. Com dois nós cobre uma área até 370m2, passando para os 500m2 com o kit de três nós.

D-Link E15

A completar o trio, o D-Link E15, um extensor de rede WiFi para ligar directamente à tomada, com o que de bom e inconveniente daí possa advir, nomeadamente a supressão de uma tomada, o que inviabiliza a ligação de outros equipamentos no mesmo local. Um bloco de tomadas, será uma boa forma de contornar esta limitação.


Na frente do D-Link E15, à esquerda, um conjunto de leds para o nível do sinal WiFi a estender. À direita, um led e estado e um botão WPS. Na zona inferior, uma grelha para ventilação, reset e uma porta de rede.


Nas laterais, uma grelha para ventilação e uma antena, que pode (e deve) ser posicionada, de forma a melhorar a expansão do sinal. 


As duas antenas, abertas na máxima amplitude. Na traseira, a ficha para ligar à tomada e um autocolante, com os dados de configuração.

Em termos de portas, o D-Link E15 apresenta apenas uma porta LAN Gigabit. Com as duas antenas exteriores móveis, permite usufruir das mesmas velocidades disponibilizadas pelos dois equipamentos deste trio (até 300 Mbps (2.4 GHz, 1201 Mbps nos 5 GHz), repetindo igualmente as especificações de segurança e funcionalidades de rede. Mede 105 x 63.5 x 50 mm e pesa 161g, sendo o mais pesado do conjunto, facto que acaba por ser pouco relevante, face ao modo de instalação que oferece. 

Em conjunto com o router D-Link R15, um extensor D-Link E15 permite estender a rede WiFi até 420m2, podendo chegar até aos 600m2 com um segundo extensor estrategicamente colocado, para melhor passar o sinal. 

Especificidades e pontos em comum

Os três equipamentos apresentam um botão de reset e outro para ligações sem fios WPS (WiFi Protected Setup). O D-Link E15, fruto da sua especificidade de extensor puro, apresenta na frente um conjunto de leds para indicação do nível do sinal a repetir e conta com uma ficha, para ligação directa à tomada.




Os três equipamentos são compatíveis com os assistentes Amazon Alexa e Google Assistant, com a configuração desta funcionalidade a ser efectuada na aplicação Eagle Pro AI. Poderão receber informações sobre alertas, verificar questões de segurança, assim como o estado de um equipamento.


Em utilização

A configuração dos três equipamentos pode ser efectuada de forma manual, seguindo as indicações apresentadas na documentação que os acompanha, ou em alternativa, através do smartphone, utilizando para este efeito a aplicação Eagle Pro AI, disponível para iOS e Android. 


Os equipamentos têm um código QRCode que permite iniciar o processo de configuração através do smartphone. Esta acção é simples de executar nos D-Link R15 e M15, mas o mesmo já não acontece no caso do D-Link E15, com o código a ficar oculto, do lado virado para a parede. Nesta caso, recomenda-se que tirem uma foto, antes de instalar o equipamento na tomada eléctrica. 

Caso não tenham possibilidade de efectuar o scan do código QRCode, podem sempre optar por uma de duas soluções: ligar o smartphone à rede WiFi que o equipamento disponibiliza para configuração (dados de login junto ao QRCode), ou em alternativa, seleccionando o equipamento através da lista que a aplicação apresenta. 





O processo de instalação é sempre acompanhado por imagens ilustrativas, o que simplifica a vida a quem não domina este tipo de assunto. Durante o processo, podem escolher o tipo de ligação à rede doméstica (cabo ou WiFi), assim como a função que será atribuída ao equipamento (router ou extensor), sendo que no caso do D-Link E15, apenas está disponível a segunda opção. Têm igualmente a possibilidade de definir a palavra passe para a rede WiFi, podendo utilizar dados da rede já existente, ou criar uma nova.

O ecossistema D-Link EAGLE PRO AI pretende ir mais além daquilo que uma tradicional rede mesh disponibiliza, com a marca a apresentar quatro soluções que procuraram acrescentar valor ao produto:
  • Optimização da rede Mesh - cria uma rede mesh com os extensores desktop ou de parede e o router, em que a ligação ao extensor mais próximo é feita de forma automática. Disponibiliza um sistema de aprendizagem da posição de cada nó ou ponto de acesso, para melhorar o desempenho do sinal entre cada equipamento;
  • Optimização do Wi-Fi - efectua um scan ao espectro de radiofrequência e canais, para ligar cada equipamento ao canal menos saturado;
  • Optimização de tráfego -  monitoriza os equipamentos conectados e a sua necessidade de largura de banda (streaming, jogos online, videoconferência) para assim ajustar a sua priorização;
  • Controlos parentais - permite gerir, por dispositivo, o tempo de ligação e horários de acesso à Internet.
São funcionalidades interessantes que, no entanto, são igualmente passíveis de ser encontradas em equipamentos de outras marcas, não necessitando de um mecanismo de inteligência artificial para operar (ex: escolher a frequência menos saturada).


Ao adicionarem um equipamento, este passa a ser apresentado no ecrã principal. Ao seleccionarem o mesmo, terão acesso a um diagrama com a representação gráfica da rede criada com os equipamentos D-Link.


Acedendo ao grafismo que representa o router, é apresentado um resumo de informação de gestão, sendo possível configurar algumas definições, o mesmo se passando para o caso dos extensores e dos clientes, onde de uma forma expedita, é possível bloquear equipamentos.




Na zona intermédia do ecrã principal, três ícones dão acesso às configurações de WiFi, Dicas de gestão e velocidade de Internet. No caso do WiFi, é possível controlar o estado do serviço, consultar a password e partilhar a configuração da rede principal e da reservada para os convidados. A informação de gestão é obtida com base nos dados recolhidos durante a semana, com a aplicação a apresentar sugestões para melhorar a prestação do serviço WiFi. O teste de velocidade é baseado no serviço da OOKLA, responsável pelo conhecido Speedtest.


No terço inferior, quatro ícones dão acesso aos controlos parentais, gestão da prioridade dos equipamentos - clientes, controlo por voz (imagens na secção "pontos em comum") e modo saúde. O controlo parental funciona por zonas, às quais são adicionados os clientes. É possível bloquear o acesso à internet com apenas um toque no ícone para controlo manual, gerir o horário para acesso à internet, bloquear sites e consultar a lista de equipamento associados à zona em questão. 

Na gestão de horário, é possível definir uma "hora de ir para a cama", assim como aplicar uma configuração de horários específica, por dia da semana e horas de acesso. A gestão de sites é demasiado simplista, obrigando à introdução manual dos sites, um a um.



A prioridade é gerida através de duas opções - alta e baixa - podendo ser permanente, ou apenas durante um determinado período de tempo.

No modo saúde, temos uma repetição de funcionalidades, controláveis directamente por dois botões: ligar/ desligar o acesso à internet e a definição da "hora de ir para a cama", que curiosamente, está a funcionar de forma independente da opção disponibilizada no controlo parental, representando aquilo que à primeira vista será uma duplicação de funções. 


Na zona inferior do ecrã principal, um atalho para o modo avançado, o qual encaminha o utilizador para a página web de gestão do equipamento. Para aceder ao mesmo, terão de utilizar a password que definiram para o efeito, aquando da configuração inicial. De referir que as opções anteriores funcionam através de uma ligação à internet, ao passo que esta gestão avançada, obriga a que a ligação seja feita na rede interna onde o router está ligado.

A página web é constituída por uma zona lateral direita, para o menu e uma central, para os dados apresentar, sendo que após o login efectuado com a password definida na configuração inicial, é apresentado um grafismo com a representação da rede montada com os equipamentos. 

O menu varia com a tipologia dos equipamentos D-Link EAGLE PRO AI, sendo o do router, o que  mais funcionalidades apresenta. Nas configurações: assistente de configuração, Internet - WAN, WiFI, rede (LAN), nuvem D-Link, e modo de operação. Nas funcionalidades: controlo parental, ferramenta QoS, firewall, redireccionamento de portas, rotas estáticas, DNS dinâmico e VPN.  No "Gerenciamento":  hora, registos (log), administração, sistema, utilizadores, actualização e estatísticas. Destacamos a possibilidade de alterar o modo de operação, passando um router a extensor, algo que não sendo usual, será muito prático, ao evitar um reset, seguido de configuração.

Resultado dos testes

Os três equipamentos foram testados num cenário constituído por 4 zonas, com smartphone Xiaomi 12, a efectuar uma sequência de três testes no speedtest disponibilizado pela Google:
  • Divisão ao lado
  • Divisão após corredor
    • a 4m, sem obstáculos
    • a 8m, com alguns obstáculos (mesas, cadeiras)
    • a 8m, com 3 paredes e um móvel como obstáculo
Este cenário pretende ser representativo para um apartamento ou um piso de uma moradia.

Como esperado, na ligação a um equipamento numa divisão ao lado, apenas com uma parede de entremeio, os 3 equipamentos conseguiram esgotar a capacidade da ligação de internet, com 500Mbps.

A 4m, sem obstáculos, o D-Link M15 manteve-se nos 500Mbps, tendo o D-Link R15  ficado na mesma zona de desempenho, com 495Mbps. A 8m, apenas com alguns móveis pela frente, o desempenho manteve-se no mesmo intervalo de valores para o D-Link R15 (497Mbps), tendo baixado para 433Mbps no caso do D-Link M15. Na zona mais complicada, com várias paredes e móveis, o D-Link R15 registou uns surpreendentes 395Mbps, com o D-Link M15 a baixar para 330Mbps.

O D-Link E15 (repetidor), foi utilizado em conjunto com o D-Link R15 ligado ao modem do operador. Os resultados obtidos foram bastante interessantes: 495Mbps, 495Mbps, 490Mbps e 437Mbps, respectivamente, com a velocidade na zona mais complicada, a beneficiar da ponte directa entre os dois equipamentos.

Tendo em conta as especificações dos equipamentos (1200Mbps na rede 5GHz), foi testada uma ligação sem fios entre o Xiaomi 12 e um portátil com porta de rede gigabit a correr iPerf. O teste foi efectuado a cerca de 3 metros dos equipamentos D-Link, tendo-se registado valores na casa dos 500-700Mbps, com o máximo obtido a ficar próximo dos 800Mbps, ainda assim, um resultado inferior ao anunciado pela marca. 

Comparando este resultado com a prestação da unidade de testes (TP-Link Archer C3150), estes três equipamentos D-Link mostram que o peso da idade já se faz sentir no router da TP-Link, com os D-Link a disponibilizarem uma velocidade de transferência 50% superior. Sem surpresa, aquela que já foi uma unidade de topo, vê-se agora ultrapassada por equipamento de entrada da gama de nova geração, não resistindo à natural evolução da tecnologia.

Apreciação final


O sistema D-Link EAGLE PRO AI tem um público alvo bem definido: utilizadores sem conhecimentos da parte técnica, que pretendem melhorar a cobertura do sinal WiFi nas suas habitações. Para responder a este requisito, a marca preparou um sistema de configuração simplificado, com guias gráficos, que indicam em cada passo, qual a acção a tomar pelo utilizador. Quem assim pretenda, poderá optar por uma configuração assistida, ou até mesmo manual, com acesso directo à página web para configuração de cada equipamento. 

O suporte ao sistema EAGLE PRO AI é feito através de uma aplicação, disponível para iOS e Android (versão testada). Através da aplicação, além da já referida configuração inicial, é possível administrar os equipamentos e a rede que estes disponibilizam. As funções disponibilizadas, sendo interessantes, têm espaço para melhorias, nomeadamente no que diz respeito ao controlo parental, na área do bloqueio de sites.

O Router AX1500 Smart - R15 tem preço a começar nos 55€, o kit mesh M15 com dois nós, 118€ (185€ para três nós) e o extensor E15, 61€, preços concorrenciais, face à oferta disponível no segmento de gama de entrada em que estes equipamentos se inserem, o que lhes garante um distinto "Quente" na avaliação desta análise.




Sistema D-Link EAGLE PRO AI

Quente


Prós
  • Facilidade de configuração e utilização


Contras
  • Controlo Parental pode ser melhorado
  • Desempenho abaixo do anunciado
D-Link EAGLE PRO AI

Quente (4/5)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]