2022/08/21

Renault, Tesla e Nissan foram os eléctricos mais procurados em Julho

De acordo com os dados do Standvirtual, a procura por automóveis eléctricos continua a aumentar, com a Renault, Tesla e Nissan a serem as marcas mais beneficiadas.

O Standvirtual divulgou o Panorama Mensal do Mercado Automóvel, baseado em dados disponíveis na plataforma sobre visualizações, oferta e procura, no qual analisa os principais indicadores de compra e venda do mercado automóvel no mês de Julho. Em Julho verificou-se um decréscimo geral de 12% na procura e de 18% na oferta de veículos usados, em relação ao período homólogo de 2021, com uma dinâmica de mercado de 6%. Estes valores representam uma estabilidade face aos verificados em Junho, que registou -8% na procura e -19% na oferta de veículos. Os veículos eléctricos são a única categoria de combustível que revela crescimento da procura em Julho, comparativamente ao mesmo período de 2021 (+22%).

COMBUSTÍVEL

A procura por veículos eléctricos continua a crescer em Julho face ao período homólogo de 2021 (+22%). No entanto, este aumento abranda em relação ao crescimento exponencial observado nos meses de Fevereiro (+67%), Março (+147%) e Junho (+52%). Já a oferta decresce consideravelmente face a Julho do ano passado (-12%). A procura por veículos a diesel registou um decréscimo de 14% da procura face a 2021 e gasolina desceu 11%. Os veículos Eléctricos, Híbridos a Gasolina e Híbridos a Diesel representaram quase 11% da procura e cerca de 6% da oferta, em Julho.

SEGMENTO E MARCA

A procura diminuiu de forma geral, em Julho, em todos os segmentos face ao período homólogo do ano passado e abaixo dos valores de Junho, com destaque para os sedan (-21%) e as carrinhas (-16%). Também houve uma diminuição da oferta, com a maior quebra a verificar-se no segmento dos monovolumes (-38%) e pequenos citadinos (-33%). Apenas os SUV (+12%), os coupé (+3%) e os cabrio (+2%) revelaram aumento da oferta em relação ao ano passado. Carrinhas (18%), SUV (17%), citadinos (16%) e utilitários (15%) foram os segmentos mais procurados em Julho. A oferta superou a procura nas categorias de carrinhas (21%), SUV (19%) e utilitários (16%).

A BMW (12,7%) e a Mercedes-Benz (12,3%) foram novamente as marcas mais procuradas no mês de Julho, bem como as mais anunciadas (ambas 12,7%). No que diz respeito aos veículos mais procurados em Julho, por intervalo de preços, estes foram o Renault Scenic na categoria até 5.000€, o Mercedes Benz Classe C na categoria dos 5.000€ aos 10.000€ e o BMW Serie 3 na categoria dos 10.000€ aos 25.000€, além do BMW Serie 5 na categoria dos 25.000€ aos 40.000€. Acima dos 40.000€, o Tesla Model 3 continua a ser o mais procurado, tal como em Junho.

Nos veículos electrificados, o Top 3 foi encabeçado pelo Renault Zoe, o Tesla Model 3 e o Nissan Leaf.

ANO DE MATRÍCULA

A procura de carros por ano de matrícula decresceu em todas as categorias em Julho, face ao período homólogo do ano passado, porém mantendo-se estável em relação às variações já registadas no mês de Junho. Carros entre 1 e 3 anos são os que registaram a maior diminuição da procura (-32%), enquanto os veículos até 1 ano mantiveram-se estáveis em relação ao ano passado. A oferta também revelou uma evolução negativa em relação ao mesmo mês de 2021, em todos os anos de matrícula. Veículos entre 5 a 10 anos são os únicos que registaram um aumento ligeiro da oferta (+7%). Carros com matrícula de 2015/2016 continuaram a ser os mais visualizados em Julho (10%), seguidos dos carros matriculados em 2020 (7%).

PREÇO

A categoria dos 10.000€ aos 25.000€ continuou a registar o maior número de visualizações em Julho. Esta foi a única na qual os anúncios (52%) superam as visualizações (38%). Em Julho manteve-se a escassez de anúncios face a visualizações, nos veículos acima de 40.000€ (12% dos anúncios e cerca de 20% de visualizações), bem como na categoria abaixo de 5.000€ (3% dos anúncios e 10% de visualizações). A percentagem de anúncios e visualizações é equivalente nas categorias entre 5.000€ e 10.000€ (cerca de 15% de visualizações e 13% de anúncios) e entre 25.000€ e 40.000€ (cerca de 18% para ambos).

[Pela Estrada Fora]

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]