2022/11/18

Notícias do dia

Google Maps com postos de carregamento detalhados por fichas e velocidades de carregamento; 1Password mostra funcionamento das Passkeys; fizemos uma análise ao Huawei Matebook 16s; a Netflix adiciona a gestão de acesso e remoção de dispositivos remotos em antecipação ao combate das contas partilhadas; e o App Tracking Protection do DuckDuckGo fica disponível para todos.

Antes de passarmos às notícias, não deixes de participar no nosso habitual passatempo semanal, que desta vez te pode valer um carregador Anker Nano USB-C.

Twitter com 90 dias para verificações

No dia em que alguns celebraram o funeral do Twitter com mais uma ronda de saída de funcionários, chega algo que parece ser uma das boas ideias que deveria ter sido pensada logo de início: a de limitar a acesso à marca azul de verificação a contas que tenham mais de 90 dias.

Na prática, receio que mesmo assim a coisa pudesse ser deturpada (assumindo que Musk não muda de ideias entretanto, o que é extremamente provável), pois levaria apenas a que se criasse um negócio de criação de contas para revenda passados 90 dias, como "contas preparadas para serem verificadas". Mas, quem pode imaginar que mais se passará nos próximos 90 dias, sabendo-se que o negócio da aquisição do Twitter até está a levantar questões de segurança nacional, por potencial acesso de informação por governos estrangeiros.


YouTube com arranque sonoro na TV


Não chegando ao característico "tudum" da Netflix, também o YouTube parece querer ganhar uma identidade sonora. Na mais recente versão da app para TV, em vez do logo estático exibido no arranque da app, teremos agora direito a um logo animado e acompanhado por um modesto "beep" que parece ter sido inspirado no som de uma gota de água a cair numa banca metálica.





Meta remove AI de criação de estudos científicos

Bastaram poucos dias para a Meta remover a sua AI Galactica, que pretendia assistir cientistas na criação de estudos científicos.

O problema é que os actuais modelos de AI, apesar de poderem produzir resultados impressionantes nalguns casos, podem também - em muitos outros casos - produzir apenas lixo ou completas "alucinações". Alucinações essas que se podem tornar perigosas por serem apresentadas de forma que até pode parecer credível, apesar de ter ido buscar como base coisas completamente falsas ou inventadas.



Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O formato PNG (Portable Network Graphics) foi criado em 1996, sendo uma versão mais eficiente e avançada que o GIF e de utilização livre de patentes. Embora seja utilizado frequentemente, nunca conseguiu erradicar os GIF devido ao suporte quase universal para os GIFs animados.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]