2022/12/22

Célula solar atinge 32.5% de eficiência

Investigadores alemães criaram uma nova célula solar que converte 32.5% da luz solar em energia eléctrica.

Esta célula solar criada por investigadores do Instituto Helmholtz Zentrum Berlin (HZB) utiliza uma combinação de perovskite e silício, com o perovskite a ser o "material maravilha" que tem permitido grandes avanços a nível da eficiência solar, e acreditando-se que proporcionará ganhos ainda maiores no futuro.

A célula solar maximiza o aproveitamento energético da luz solar, usando camadas no topo que aproveitam a componente azul do espectro luminoso, com as partes inferiores a aproveitarem as componentes vermelho e de infra-vermelhos, que penetram mais profundamente no painel.


Este último recorde de eficiência marca uma evolução regular ao longo dos anos. Em 2021 estes investigadores tinham batido o recorde com uma eficiência de 29.8%, com investigadores suiços a atingirem 31.3% este Verão. Agora o recorde regressa ao HZB com o valor de 32.5%, e fazendo antecipar que não deva demorar muito para que se superem os 33%.

3 comentários:

  1. Sabem quais as células solares mais eficientes no mercado actual?

    ResponderEliminar
  2. Algo de estranho se passa nessa notícia porque quem tem o Recorde de eficiência é a Spectrolab's com 32 e 37.8 e já têm estudos pra 40 e 50%.

    ResponderEliminar

[pub]