2022/12/06

SPC cresce em Portugal

A SPC tem feito uma grande aposta no nosso país, e a táctica parece estar a dar frutos.

A SPC apresentou em Lisboa os resultados para o mercado nacional em 2022, prevendo fechar o ano com uma facturação de cinco milhões de euros, em que os tablets, smartphones e telefones para séniores, se constituem como o grande suporte para estes resultados.

A marca registou um crescimento de dois dígitos no último semestre e espera manter este ritmo de crescimento para o ano de 2023, via expansão dos actuais negócios e aposta em novas áreas de negócio e mercados, com a França a surgir como forte aposta.

Segundo Manuel Ferreira, Country Manager da SPC, Portugal foi o primeiro país da expansão internacional da marca, mantendo-se ainda como um dos pilares para a decisão estratégica da marca em abrir novos países na Europa. A SPC iniciou a sua trajectória em Portugal em 2013, através das cadeias de distribuição, focando o seu negócio no mercado de telefonia móvel, com ênfase no segmento sénior, para o qual lançou recentemente a primeira gama de smartphone 4G especialmente concebido para a terceira idade: os dois novos smartphones ZEUS 4G PRO e ZEUS 4G, série que já tivemos oportunidade de analisar.

O envelhecimento da população acaba por dar origem a um segmento de mercado onde a SPC está a procurar apostar, procurando responder às necessidades de um público na 3ª idade, mais confortável com as tecnologias, onde um simples telefone de concha já não é suficiente para interagir com a família e amigos.

É um mercado que acompanhamos com particular interesse, esperando que 2023 nos traga mais novidades neste campo, com novos equipamentos e quem sabe, tipologias de produto.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]