2023/01/21

Estado dos EUA quer proibir automóveis eléctricos em 2035

Poderá parecer uma notícia com um erro no título, ou um artigo do dia 1 de Abril, mas é mesmo verdade: alguns estados norte-americanos estão a pedir a proibição da venda de carros eléctricos e manter os carros a combustão.

Não será novidade que, no campo da política, sempre que alguém propõe uma coisa, existirá outro grupo que defenda precisamente o oposto. E, agora, nem os carros eléctricos escapam.

No Wyoming, um dos estados com maior produção de petróleo, o partido republicano apresentou uma proposta para proibir a venda de carros eléctricos a partir de 2035, alegando o enorme impacto ambiental que essa tecnologia tem no planeta - mas obviamente sem fazer qualquer referência ao impacto, mais que demonstrado, de toda a indústria de extracção, refinação, distribuição, e posterior combustão nos veículos tradicionais.

Claro que o objectivo desta proposta é gerar polémica, sempre boa para mobilizar as bases e criar divisões entre apoiantes e oponentes, sendo que até o próprio senador que apresentou a proposta depois se apressou a dizer que não deseja o fim dos carros eléctricos nem a sua proibição(?), e que a sua proposta visa apenas servir de contraponto às propostas para o fim da venda de carros a combustão.

Para outros, o problema tem mais a ver com a origem dos materiais usados nas baterias, com alguns políticos a dizer que esta transição deixará os EUA dependentes da China. Algo para o qual Elon Musk já se vai preparando, tendo anunciado recentemente a sua entrada no sector da mineração, para evitar a dependência de fornecedores externos na produção de baterias.

6 comentários:

  1. Dos republicanos não é de entranhar tais atitudes. Uma facção radical dos republicanos tem sequestrado o partido na última década com mentiras e teorias da conspiração.

    ResponderEliminar
  2. A proposta poderá fazer sentido, mas por um motivo totalmente diferente: a rede eléctrica não aguentar! A rede eléctrica nos EUA está com sérios problemas, tendo já na atualidade cortes que afectam por vezes regiões inteiras.
    E o problema não é nada fácil de solucionar porque nos EUA não é como em outros países, onde as empresas de distribuição podem facilmente meter novos postes de transporte de energia eléctrica, lá os proprietários podem e de facto recusam-se a permitir a colocação de postes, e como os próprios Estados por onde os postes passam muitas das vezes nem beneficiam dos mesmos, politicamente é ainda mais difícil de justificar a posição de atropelar os direitos de propriedade privada. E existem outros problemas como incêndios florestais e outras coisas.
    Podem ver uma reportagem acerca disto no Youtube no canal da CNBC "What's Causing Power Outages In The U.S.".

    Sim, o político poderia ser daqueles influenciados pela indústria de extracção de petróleo, mas existe um problema de distribuição de energia eléctrica que pode estar a ser ignorado nesta questão, mas que é muito relevante até porque influencia directamente a utilidade dos veículos: sem energia eléctrica eles não se movem.

    ResponderEliminar
  3. Haja quem proiba:
    Alterações climáticas antropogenicas
    Sustentabilidade
    Economia circular
    Ideologia de genero
    Igualdade de genero
    Feminismo
    Aborto
    Eutanásia
    Poligrafos
    Censura mediática
    Agenda 2030

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pena não proibirem e criminalizarem estupidez.

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar

[pub]