2016/04/08

Notícias do Dia

Os smartphones entram oficialmente na era da guerra dos preços; o Android Studio 2.0 chega com mais velocidade que nunca; smartphones e demais produtos da Xiaomi em promoção na Gearbest; parecer Europeu diz que links não violam direitos de autor; e milhões de Filipinos com os dados pessoais expostos na net - incluindo as suas impressões digitais.

Seguem-se as notícias do dia, mas antes não deixes de responder a mais uma pergunta que de poderá valer um livro Android Studio da FCA.

Google considera Swift para o Android?



Com o Java a poder tornar-se numa dor de cabeça bilionária para a Google, parece que há negociações para promover o Swift - criado pela Apple, mas disponibilizado como open-source - como uma das possíveis linguagens para adoptar no Android de forma mais directa.

Não se trataria de abandonar o Java (pelo menos a curto prazo), mas disponibilizar uma linguagem mais moderna iria certamente atrair mais developers; sendo que a questão de ser open-source seria um ponto importante para evitar questões como as que a Google enfrenta com a Oracle no caso do Java.


Sites noticiosos insurgem-se contra o adblocker que quer trocar publicidade



Os sites noticiosos norte-americanos estão preocupados, pois não só têm que lidar com os adblockers, como agora têm que lidar com serviços que pretendem trocar a publicidade por outra, partilhando parte dos lucros com os utilizadores. É isso que faz o Brave, que já está na mira dos sites noticiosos, que argumentam que este serviço é ilegal.

Será que é realmente ilegal? Vai ser um caso curioso de seguir, pois poderá vir a determinar se os utilizadores são livres de modificar os conteúdos que recebem, ao seu gosto... ou se isso poderá vir a ser considerado ilegal (não que me pareça que alguma vez isso possa ser impedido; mas já sabemos que nem sempre a lógica impera no mundo de quem faz as leis.)


Outlook para iOS e Android ganha integração com com Facebook, Wunderlist e Evernote



A app do Outlook está a ficar cada vez mais atractiva, e agora passa a contar com integração com os calendários e notas de serviços como o Facebook, Wunderlist e Evernote, tanto em Android como em iOS.

Embora seja fã do Gmail, não me custa nada reconhecer que a app do Outook é bastante superior à app do Gmail - e não deixa de ser uma grande bofetada de luva branca da Microsoft, que bem que já deveria ter incentivado a Google a acelerar o passo. (Se calhar, andam iludidos com a app Inbox, e até se esquecem que a app do Gmail parece ter ficado esquecida na pré-história.)


FBI revela que método de crackar iPhones não funciona nos 5S nem mais recentes



Praticamente confirmando que o método utilizado para crackar o iPhone no caso de San Bernardino era o de acesso directo à memória, o FBI vem revelar que o sistema não funciona nos iPhones 5S nem modelos mais recentes - modelos que passaram a contar com uma zona de memória protegida e inacessível (onde são guardados dados como as impressões digitais e chaves de encriptação.)

Confirmação de que a única forma de ter algo seguro, é garantir que nem sequer o próprio fabricante do equipamento pode aceder à informação pretendida. (O que por si só não invalida que se criem métodos de conseguir crackar as protecções... mas que garantidamente torna as coisas muito mais complicadas.)


Curtas do Dia


Resumo da Madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]