2011/10/21

Análise à Impressora Lexmark Impact S305 WiFi



Se no outro dia estreamos a análise às motherboards aqui no Aberto até de Madrugada, eis que agora estreamos as análises às impressoras, com esta Lexmark Impact S305 com WiFi.

Tenho que começar por confessar que não sou o utilizador típico de impressoras - muito pelo contrário - nunca tive uma impressora em casa (tirando algumas ocasiões excepcionais) mas, admito que por vezes faça falta, especialmente se se tratar de uma impressora multifunções com scanner - como é aqui o caso.

De qualquer forma, não podia deixar passar esta oportunidade e aceitar o convite que me feito pela Lexmark para submeter esta S305 ao "olhar clínico" do Aberto até de Madrugada. ;)





Lexmark Impact S305 WiFi

Esta Impact S305 é uma impressora multifunções com scanner integrado, ficha USB e leitor de cartões, e que promete "cortar" os fios com a sua ligação WiFi.


Não há nada de excepcional a assinalar, a impressora é volumosa, com plásticos de qualidade duvidosa... mas, afinal, o que interessa é ver que tal se comporta... certo?

Na página da Lexmark podemos ficar a saber todo o tipo de papeis de diferentes dimensões que esta Impact S305 suporta, e que pode atingir as 33ppm.



Sempre agradável, a existência de tinteiros individuais para cada cor...



O processo de desempacotamente não oferece dificuldades, e até nos convida a fazer um pouco de "bricolage" para aplicar a película correspondente às legendas dos botões no painel de controlo.
(Um sistema bem conseguido, já que não utiliza "autocolantes", mas sim película que fica protegida por traz de um plástico transparente - permitindo assim a sua fácil remoção e troca, caso algum dia seja necessário... o que não é lá muito provável, admito.)


A Instalação

Já devem conhecer o quanto eu "adoro" drivers e programas volumosos a "infectar" o meu rico sistema optimamente optimizado e sem qualquer serviço desnecessário a correr. Daí que, contra as regras indicadas, de que se devem instalar o software fornecido antes de ligar a impressora - e que são comuns à maior parte das impressoras - optei por fazer ouvidos moucos, e ligá-la directamente ao meu PC com windows.


O Windows 7 reconheceu a impressora e instalou automaticamente o que achou necessário, dizendo que ficou tudo ok e pronto a funcionar... óptimo!

... Mas lamento informar que era publicidade enganosa... a impressora não estava a funcionar como devia...


Tentar fazer um scan ou imprimir dava erro... pelo que lá tive que desintalar a impressora e tentar novamente... desta vez seguindo as regras indicadas! ;P


Instalando os drivers fornecidos e seguindo o processo sugerido, tudo ficou a funcionar correctamente. Mas continuo a achar que o "sistema plug-and-play" deveria ser mais que suficiente para permitir que a instalação fosse automaticamente feita da forma correcta ao se ligar a impressora ao computador.


Em Funcionamento


A principal curiosidade que tinha, era saber de que forma este impressora iria fazer a gestão via WiFi.
Infelizmente, para que possam configurar a rede WiFi têm primeiro que a instalar num PC com cabo USB - só assim poderão aceder às configurações da rede a que ela se vai ligar.
Mesmo que fosse muito trabalhoso introduzir esses dados com as teclas disponíveis no painel de controlo, penso que seria vantajoso dar essa possibilidade - que assim se limita a permitir a visualização das configurações existentes. Mas isso seria apenas interessante se a impressora permitisse a impressão directa a partir de dispositivos WiFi tipo Androids/iPhones/etc... e assim evitando a necessidade de um PC fosse para o que fosse - o que não é o caso.



Através do programa de gestão da Lexmark (no PC), lá consegui finalmente ligar a impressora à minha rede WiFi... passando o indicador WiFi na impressora de vermelho para verde.

Para o computador, o funcionamento permanece inalterado, quer a impressora esteja ligada via USB ou WiFi... E estando na rede WiFi faz com que a impressora fique automaticamente acessível a todos os PCs em nossa casa (desde que instalem os malfadados drivers... que eu tanto "não-aprecio").





De forma inversa, podemos dar início a digitalizações a partir da própria impressora, seleccionando o computador e programa de destino.



Apreciação Final


Uma vez que se tratava de uma unidade de testes, que já teria passado por algumas "batalhas" anteriores, havia um dos tinteiros/cabeça de impressão que não estava a imprimir correctamente, o que invalidou a análise detalhada da qualidade de impressão a cores - mas seja como for, qualquer uma das impressoras actuais é mais que capaz de imprimir imagens de alta qualidade para todo o tipo de necessidades (estando normalmente mais dependente do tipo de papel utilizado, do que propriamente da impressora em si.)

A nível da qualidade das digitalizações, também me pareceu mais que suficiente para as exigências de uma multifunções com preço na ordem dos 90€ (e que neste momento até pode ser adquirida em promoção nalgumas lojas online por menos de 60€). Como é também habitual - o real custo de uma impressora recai sobre os consumíveis... pelo que os tinteiros é que serão o verdadeiro "custo".

Tenho que admitir que inicialmente fiquei um pouco desiludido, já que a promessa do WiFi pouco ou nada vem alterar o processo de utilização da impressora: continuamos a estar dependentes de um ou mais PCs, com o software da Lexmark instalado. Se temos a impressora ligada à rede, talvez a Lexmark pudesse disponibilizar um serviço de impressão a partir da "cloud", onde se pudessem imprimir documentos enviados para um email "secreto" que fossem redireccionados para a nossa impressora - estilo o ePrint da HP. Aí sim, poderiamos ter uma solução PC-Free (e que permitisse igualmente enviar digitalizações directamente por email para um destinatário...) Mas, isto já sou eu a fugir ao tema central...

Neste caso da Impact S305, o WiFi permite que todos os computadores da casa a possam utilizar - algo que, de qualquer forma, já seria possível se a tivessemos ligada a um PC via USB, e partilhada na rede. Mas, para quem tenha apenas portáteis que habituamente andam a saltitar pela casa, sem dúvida que será mais atractivo pode imprimir para a impressora sem preocupações de cabos USB.

A pontuação final depende apenas do preço a que a encontrarem, se a 99€ talvez preferisse espreitar soluções que permitissem imprimir directamente a partir da internet, por um preço inferior a 60€ não há grandes motivos de queixa que se possam apontar... a não ser um pequeno pormenor frustrante que me baralhou durante longos minutos!


Acreditam que no momento de a embalar para a sua devolução descobri que o painel de controlo que "abri", não voltava ao sítio? Imaginava eu que teria que ser um sistema simples, de pressão, ou de "puxa-empurra", ou talvez até alguma pequena patilha em qualquer lado... Afinal, o material tem sempre razão, certo?
Procurei, procurei, procurei... desesperei! Não encontrava forma de fechar o raio do painel, pelo que a solução foi... pesquisar na internet.

E não é que a própria Lexmark tem uma página de ajuda dedicada a esta questão: de como fechar o painel desta série de impressoras?

Afinal tem mesmo que se ser um pouco bruto e aplicar pressão num certo ponto especial, para soltar o painel. Uma solução que não fica lá muito bem numa impressora que, para todos os efeitos, tem um preço recomendado de 100€!

Mas como disse, é uma coisa que apenas assusta a primeira vez... pelo que também não vai ser por isto que a vou "reprovar". Assim sendo, assumindo que a conseguem encontrar pelo tal preço abaixo dos 60€... esta Lexmark leva para casa um:


Lexmark Impact S305 WiFi

P.S. - Se for pelo preço recomendado de 90-100€, passaria a ser um morno.

Prós
  • Ligação WiFi facilita a utilização em rede
  • Velocidade de funcionamento
  • Leitor de cartões/porta USB que permite imprimir directamente de câmaras

Contras
  • Plásticos de aspecto barato
  • Continua a estar dependente de PCs para configurar/funcionar
  • Painel de comandos que só fecha após pesquisa no Google ;)




2 comentários:

  1. Excelente review.
    Realmente é pena a impressora ainda não ter dado o salto para permitir a impressão a partir de outro tipo de dispositivos, mas pelo preço...

    ResponderEliminar
  2. lexmark NUNCA MAIS,tive uma terrivel esperiencia com essa marca que no caso do modelo que usei não pertia que eu comprasse cartuchos de nenhuma marca paralela,me deixando na mão de um monopólio.
    me erra.

    ResponderEliminar

[pub]