2011/10/17

Ir à Página do Google


Nem vos preciso relembrar o quanto sou apologista das coisas eficientes, e por várias vezes por vá tenho partilhado algumas das minhas ideias de como gostaria que as coisas funcionassem sem nos causar frustrações, como é o caso dos abusos que se fazem actualmente, da lentidão dos computadores - e até tentando explicar como funciona um CPU... o cérebro por trás de praticamente tudo o que acontece hoje em dia, de um potente computador ou smartphone, a um simples validador de bilhetes RFID quando entram no metro.

É que, na verdade, poucas são as pessoas que têm real noção do que se esconde por trás de algo tão simples como "ir à página do Google"... e que deu origem a um excelente relato que certamente ficará para a história da Internet: Dizzying but invisible depth do Jean-Baptiste Queru.

Um relato que vai aprofundando cada passo na imensa sobreposição de sistemas e tecnologias que se escondem por trás de cada visita a cada página web e por trás do pressionar de cada tecla.


Tenho que dizer que a tentação de traduzir este relato foi grande, já que é algo que eu próprio tento explicar de forma mais/menos frequente a colegas e amigos... Mas, nada como darem um salto ao original e apreciarem a muito bem conseguida forma com que ele se conseguiu exprimir. :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]