2011/11/07

Análise ao iPhone 4S


Mesmo com alguns contratempos (o nosso iPhone 4S branco andou perdido por uns tempos para trás e para a frente nos transportes - fazendo com que este teste tenha sido realizado com um modelo preto, que teve a sorte de chegar mais cedo), eis que chega a altura de por o novo iPhone 4S da Apple à prova e ver o que ele tem para nos oferecer.

Bem sei que aguadavam ansiosamente por este momento pelo que, sem mais demoras... aqui está ele.


O iPhone 4S


A nível estético, não há muito a dizer - trata-se de um modelo virtualmente idêntico ao anterior iPhone 4, com todas as suas vantagens e desvantagens. O seu design poderá continuar a ser apelativo (e com a vantagem adicional de permitir continuar a utilizar bolsas, capas, suportes, e outros periféricos já existentes) mas continua também a ser propenso a desastres mais ou menos dispendiosos em caso de queda. Para quem não quiser arriscar, é recomendável o uso de um bumper ou outro tipo de capa protectora.



As alterações visíveis são mínimas:, nos "separadores" das antenas, e o botão de mute que está agora 2 ou 3mm mais abaixo. Em uso, as diferenças que se notam são um motor de vibração mais suave e silencioso (a vibração é forte q.b. mas desaparece o habitual "barulho" que normalmente lhe está associado), e um botão de home que tem também um "clique" mais agradável e menos propenso a duplos cliques acidentais.



Se no exterior as diferenças são praticamente inexistentes, no interior este iPhone 4 pouco tem a ver com o seu antecessor: vem equipado com um veloz CPU A5 dual-core que praticamente duplica a potência do anterior, acompanhado por um novo GPU (que é 7 vezes mais potente), e ainda módulos extra on-chip para acelerar coisas como a detecção de rostos e a estabilização de imagem.

A nível da câmara, passamos a ter um sensor de 8MP com mais sensibilidade capaz de gravar vídeo FullHD (estabilizado), e com um grupo óptico melhorado com lente de maior abertura.

O 4S passa a suportar também velocidades 3G até 14.4Mbps... embora na prática nem os anteriores 7.2Mbps do iPhone 4 fossem efectivamente atingidos em circunstâncias normais.





[Descubra as diferenças: lado a lado, iPhone 4 e 4S são praticamente indistinguíveis]


O Ecrã do iPhone 4S


É tempo de ligarmos o 4S para vermos em que se traduzem - na prática - as alterações. E a primeira diferença "salta à vista": o ecrã.

O ecrã mantém inalterada a resolução estreada no iPhone 4 (960x640) mas surge agora com uma tonalidade de cor ligeiramente mais "quente".


Pessoalmente, prefiro que assim seja, aproximando-se da tonalidade do ecrã do 3GS (ou seja, o 4 é que saiu "frio demais" e não o inverso). Outro ponto positivo: existe menor variação de cor/luminosidade quando o olhamos de ângulos mais abertos.


No entanto, relembro que todas estas alterações são pequenos detalhes que pouco se fazem notar em circunstâncias normais. O ecrã LCD do iPhone 4S continua a ser dos melhores da actualidade, e para quem vier de um iPhone 3GS ou 3G, será impossível não se apaixonar imediatamente pela nitidez e clareza acrescida.


O iOS5


Não há dúvida que a Apple terá optado por lançar o iOS5 a par do iPhone 4S para lhe associar muitas das suas novas funcionalidades. Mas a verdade é que tirando a limitação artificial do assistente virtual Siri estar apenas disponível para o iPhone 4S - quando poderia muito bem estar também disponível para o 4 e 3GS -  muitas (a maioria) dessas vantagens ficam também disponíveis para quem tiver um iPhone 3GS ou iPhone 4.

O iOS5 não é perfeito e continua a ter lacunas, e alguns bugs "imperdoáveis" (por exemplo, tenho alguns contactos que não são reconhecidos como contacto, fazendo com que quando me ligam ou enviam mensagens, surja apenas o seu número de telefone e não o seu nome) mas, sem dúvida que é uma boa evolução e que em breve vai receber uma actualização que deverá resolver muitos destes problemas iniciais - incluindo o da autonomia reduzida.


Notificações


Alvo regular das minhas críticas, os pré-históricos popups de notificação do iOS deram agora lugar a todo um novo sistema de notificações bem mais moderno, prático e eficaz.

As notificações surgem agora agrupadas sob um centro de notificações, que pode integrar igualmente alguns widgets: como o estado do tempo e a cotação das acções na bolsa, e que está sempre acessível através de um gesto de "puxar o topo do ecrã para baixo" (um gesto bem comum para todos aqueles que já tiverem experimentado o Android.)


E quem pudesse pensar que o iOS não permite a personalização "à medida" do que se deseja, é possível configurar (quase em demasia!) como se deseja a apresentação das notificações: no novo estilo ou no antigo, se deverão aparecer no lock screen, quantas notificações deverão ser visíveis, etc. Isto, para toda e cada App de forma individual. Assim, não pode haver quem se queixe de não ter as suas notificações exactamente como pretende.


iCloud

Outra das grandes novidades do iOS5 é o iCloud, que vem permitir o adeus ao iTunes. Agora, ao ligarem um iPhone novo, basta inserirem a vossa conta do iCloud para que imediatamente ele comece a sincronizar Apps, configurações, contactos, e tudo o mais que tiverem lá guardado.

Novamente, é possível gerirmos manualmente se não quisermos fazer o backup dos dados de algumas Apps - e o backup é feito automaticamente sempre que o iPhone esteja ligado à corrente e com uma rede WiFi disponível.
(Por vezes isto poderá não ser lá muito recomendado... pelo que me parece que deveria haver forma de limitar os backups por período horário - apenas das 01h-08h por exemplo - ou apenas em redes WiFi pré-definidas.) Seja como for, é um processo simples e com que nem temos que nos preocupar. As Apps não contam para o espaço ocupado - apenas os vossos dados - e têm 5GB de espaço gratuito no iCloud.

Quanto ao site do iCloud na Web, ainda precisa de evoluir um bocado, mas as funcionalidades que oferece já são interessantes: desde o acesso à vossa lista de contactos (com as alterações a serem replicadas imediatamente no iPhone - e vice-versa), como ver a localização do iPhone no mapa e bloquea-lo remotamente e mandar uma mensagem, no caso de ter sido "perdido".


Integração com o Twitter



Para os fãs desta rede social de mensagens curtas (como é o meu caso), o iOS surge agora com integração directa com o Twitter. Podemos adicionar as nossas diversas contas nas configurações do iPhone, para que estas fiquem automaticamente acessíveis a todas as Apps que estiverem actualizadas para tirar partido desta nova funcionalidade.



Partilhar uma foto no twitter torna-se possível em poucos toques, e de forma visualmente agradável, com uma mensagem que surge com a imagem anexada. Pena é que com tanta integração, não esteja sequer disponível a possibilidade de enviar um tweet "simples" só com texto...


Mas sem dúvida que a grande novidade do iOS5 e do iPhone 4S é o/a assistente virtual Siri.

SIRI


A Siri é a grande novidade do 4S, mas que por cá será de utilidade bastante limitada, já que não reconhece português, e os serviços de geolocalização (procurar restaurantes, etc.) não estão sequer disponíveis fora dos EUA.

No entanto, sendo eu um forte apoiante deste tipo de tecnologias, não posso deixar de sentir que a Apple deu realmente um grande passo em frente nesta área, democratizando o reconhecimento de voz e fazendo com que seja algo que irá fazer parte do dia a dia de milhões de pessoas.


Torna-se possível fazer coisas como enviar mensagens e emails sem olhar ou tocar no iPhone, assim como perguntar tudo e mais alguma coisa, e... muito mais. São dias de divertimento à medida que vamos ficando a conhecer as potencialidades e limitações da Siri, e que frequentemente nos deixam maravilhados.

Mas é verdade que algumas das limitações são mesmo absurdas. Como por exemplo, é possível enviar uma mensagem/SMS; é possível enviar um email; mas... mesmo com a integração do Twitter, é impossível enviar um tweet por voz via Siri!

Da mesma forma, é possível pedir à Siri que leia uma mensagem/SMS, e até que pesquise os últimos emails de uma certa pessoa... Mas depois é incapaz de ler qualquer email.

Coisas que esperemos ver resolvidas nos próximos tempos...




Ajudando a resolver algumas das limitações, o teclado passa agora a contar com uma tecla extra com um microfone, permitindo introduzir texto por voz em qualquer App ou local que aceite "texto".
Lamentavelmente é também algo que se encontra limitado ao teclado inglês (quando se muda para português desaparece a tecla do microfone).




Seja como for, o sistema funciona bem (em inglês)...



... e torna-se igualmente difícil perceber porque não funciona em português, quando o sistema de reconhecimento de voz da Nuance é perfeitamente capaz de o fazer - como provado pela App Dragon Dictation.

Lembretes, Amigos, etc.




Outras das novidades do iOS5: a possibilidade de criar lembretes temporizados, para uma certa data ou dentro de determinado período de tempo; ou geolocalizados, para quando chegarmos ou sairmos de algum sítio.
Infelizmente não é tão prático como seria desejável, já que apenas permite seleccionar moradas que estejam na lista de contactos (não deixa, por exemplo, que se escolha um ponto no mapa - o que faz com que tenham que ter todos os sitios que pretenderem utilizar na lista de contactos.)


Quando ao Find My Friends, funciona como o Google Latitude permitindo ver por onde andam os vossos amigos, com a diferença de que se torna possível criar eventos temporários... para que possam disponibilizar a vossa localização a um leque mais alargado de pessoas por tempo pré-determinado.

Dica: por motivos de segurança, esta App pede-vos a vossa password sempre que a abram; a não ser no caso de terem o iPhone bloqueado com código PIN. Se forem como eu e não quiserem estar constantemente a meter a password - nem tão pouco a meter o código PIN sempre que pegam no iPhone - podem activar o código PIN mas definir um período de atraso de até 4h. Suficiente para que o iPhone este "bloqueado", mas na prática dispensando o código ao longo do dia - a não ser que não mexam nele por mais de 4h.


Fotos e Vídeo

Outro dos melhoramentos do 4S foi a câmara. Com 8MP e sistema de lentes aperfeiçoado, a câmara do iPhone 4S promete ser uma nova "machadada" nas câmaras compactas.








Em termos práticos, o 4S tira fotos com mais definição, e a sensibilidade acrescida - em certas situações - até faz com que pareça ter dotes de "HDR" implícitos, conseguindo captar mais detalhes em zonas escuras/iluminadas do que era possível com o iPhone 4. As cores são menos saturadas que as do iPhone 4 (cujas fotografias "parecem melhor" a nível de cor), mas sao mais realistas no 4S - e que agora contam com a possibilidade de edição/ajuste no próprio iOS.

O 4S conta também com a detecção de rostos, nas fotos.


A nível de vídeo, a estabilização de imagem faz com que as gravações HD a 1080p pareçam um pouco mais profissionais.




Em Funcionamento



Em funcionamento, tenho que confessar que inicialmente nem notei diferenças dramáticas de desempenho face ao iPhone 4. Mas o que é certo é que aqueles ligeiros atrasos "normais" do iPhone 4 eram agora mais reduzidos ou inexistentes. Muitas vezes estamos a falar de meras fracções de segundo - que podem nem ser notórias... até que de novo se tenha que "voltar atrás" para mexer num iPhone 4.

Seja como for, isso não faz com que o iPhone 4 seja lento - apenas faz com que este 4S seja "mais rápido" ainda (mas não de uma forma que pareça "estrondosa" em utilização normal.) Para quem tiver um iPhone 4, fará provavelmente mais sentido aguardar pelo próximo modelo.

Outro grande ponto importante - depois de eu ter resolvido o problema da autonomia que me apoquentava - foi verificar que realmente a potência acrescida não veio acompanhada de uma redução dramática da autonomia. Continuo a poder usar e abusar do iPhone, sem receio de que vá ficar sem bateria antes do final do dia, tal como fazia com o iPhone 4.

Nem mesmo quando abuso um pouco dos "joguinhos", como o Modern Combat 3.




Apreciação Final


O iPhone 4S é, tal como os modelos que o precederam, um excelente equipamento que permite à Apple acompanhar a necessária evolução face aos equipamentos concorrentes que em características "puras" de hardware, já o tinham ultrapassado. No entanto, mais que a mera redução à lista de características técnicas, o iPhone continua a ser algo que tem que ser equacionado em função da plataforma em que se insere.

Com a passagem para o iCloud, a Apple dá um importante passo em frente no sentido de abdicar de um PC/Mac com iTunes. Algo que continua a ser possível - para quem o prentender - mas que liberta dessa obrigatoriedade todos os que não o quiserem/desejarem fazer.

Aos poucos, parecemos estar a caminhar num sentido de convergência entre as diferentes plataformas: o Android aprendeu a fazer as pastas à moda do iOS; o iOS aprendeu a gerir as notificações à semelhança do Android (e até tem "widgets" no centro de notificações)... e penso que não deverá demorar muito tempo até que permita criar icons dinâmicos, à semelhança das Live Tiles do Windows Phone/Windows 8... Por mim, não tenho nada contra: parece-me salutar que todos implementem funcionalidades que sejam úteis e que se tornem práticas de utilizar. (Desde que não se percam pelo meio das batalhas das patentes.)

Quanto à pontuação final deste iPhone 4S, penso que o mais correcto seria dividi-la em duas: para quem vai comprar um iPhone pela primeira vez, ou vem de um iPhone 3GS ou 3G; e para quem já tem um iPhone 4 e está a considerar a troca.

Para quem já tem um iPhone 4, penso que não se justifica a troca pelo 4S - a não ser que isso possa ser feito sem gastar muito dinheiro. Para todos os outros, o iPhone 4S é...


iPhone 4S

Prós:
  • Desempenho
  • Câmara
  • Autonomia

Contras:
  • Siri sem utilização prática em português/Portugal
  • Bugs - indicação da autonomia, gestão dos contactos, iCloud, etc.
  • Siri poderia estar igualmente disponível para os iPhones anteriores




19 comentários:

  1. Como é que "autonomia" pode estar nos prós e nos contras?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim como todas as terras têm um cromo, há sempre alguém que tem de criticar o trabalho dos outros por um "pintelho", e são mais cromos ainda quando o "pintelho" nem sequer lá está!
      A "autonomia" nos "prós", refere-se à duração da bateria, enquanto no "contras" se refere há indicação da autonomia, ou seja, da previsão de durabilidade da bateria. É uma questão de Português, e de prestar atenção antes de se escrever sem pensar! Por isso é que temos uma boca e dois ouvidos e dois olhos, e não um olho, um ouvido e duas bocas! Daaaahhhhhhh. . . .

      Eliminar
  2. nos contras porque agora ta avariada.
    nos pros porque pode ficar normal :)

    ResponderEliminar
  3. Acho é que não faz sentido "•Siri poderia estar igualmente disponível para os iPhones anteriores". Estamos a avaliar o telefone e não a funcionalidade!

    ResponderEliminar
  4. Parabéns, Carlos.

    Continuo a achar que a melhor funcionalidade, é sem dúvida alguma, o AirPlay Mirroring, que já temos no iPad2 e que duvido que não fosse possível ter no iPhone 4. O mesmo que estão, em principio, a fazer oficialmente com a SIRI.

    Assim espero.

    Obrigado pelo tempo que dispões para nos dar estas review.

    ResponderEliminar
  5. qual o melhor a nivel de hardware e software o samsung galaxy s2 ou este 4s visto que prefiro android mas pondo de parte este ponto . obrigado! optimo blog

    ResponderEliminar
  6. Dos_Passos7/11/11 21:34

    @Chpwn e Steve Troughton-Smith "(los que portaron Siri al iPhone 4) han conseguido portar Siri al iPhone 3GS y además es completamente funcional, contacta con los servidores perfectamente y estos responden sin detectar que no se trata de un iPhone 4S." Se não houvesse questões legais a coisa estava feita. Pelo menos serve de pressão para a Apple para alargar a outros modelos.

    ResponderEliminar
  7. O Galaxy SII com ICS é sem dúvida algo difícil de bater nos próximos tempos.

    ResponderEliminar
  8. Luis Faria7/11/11 22:40

    @Anónimo

    SGSII com ICS???? Continua à espera, mas não sustenhas a respiração........

    ResponderEliminar
  9. O Galaxy SII não precisa de ICS para já ser algo difícil de bater nos próximos tempos a meu ver. E eu tive iPhone por 2 anos... mas no que toca a análise gostei o focar de comparação com o 4 para realmente mostrar as diferenças e vantagens e as pessoas também perceberem se precisam de fazer o upgrade para quem possui o 4.

    ResponderEliminar
  10. eu tambem acho que com ou sem ics ja e algo muito bom atualmente; obrigado pelas opinioes entretanto vou esperar pelo galaxy note isto porque so irei fazer a compra no natal. com pontos que tenho cerca de 3 mil na tmn . mas o galaxy note... deve ser o topo eu sei que e grande ningem diz o contrario mas eu utilizo mais um tlm do ano 2002 so pra chamadas coisas basicas mas este para ter em casa ou pra levar nas viagens deve ser muito bom! ja imajinaram com o pc ligado em casa e um programa do genero jm2pc mas pra android e uma pessoa estar em ferias e conseguir atraves de um server internet ver pastas que ficaram no computador em casa? isto pra mim e exlente!

    ResponderEliminar
  11. Boas...
    Antes demais, espectacular site mesmo.
    Depois deste esclarecimento sobre o iphone 4s fiquei ainda com mais vontade de comprar o samsung galaxy S 2 xD
    Já agora á alguma aplicaçao do genero do SIRI do iphone para o galaxy s 2??

    ResponderEliminar
  12. Boa noite, alguma mente brilhante já conseguiu o jailbreK para iPhone 4S, e possa partilhar? :)

    Maiores parabéns pelo site, sigo todos os dias as novidades apartir do iPad, com o mobile RSS .

    Cumprimentos e continuação de bom trabalho.

    ResponderEliminar
  13. Rafael, ainda só há JB thetered e semi-thetered disponivel..

    ResponderEliminar
  14. Adriano...
    Não há JB para nenhum equipamento com processador A5!
    ipad 2 e 4S NAO tem ainda JB

    ResponderEliminar
  15. Sempre que entro com o meu 4S num local com hotspot, principalmente em centros comerciais, com o Hifi ligado, não recebo chamadas. Quem me liga recebe a informação de que o nº para o qual liguei tem o voice mail desligado, e o meu 4S não dá sinal. Já foi 3 vezes para reparação e recomendam-me que desligue o HIFI quando entro nesses locais. Não me deviam dar um novo? Têm conhecimento de iguais anomalias?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Cunha8/2/12 13:06

      Eu diria que devias desligar era o Wi-fi e não o HIFI(som). :P

      Brincadeiras e correcção à parte, acho que devolverem-to igual e com defeito é motivo para queixa. Deviam dar-te um novo ou o dinheiro de volta, na minha opinião.

      Eliminar
  16. Anónimo3/2/12 15:30

    hun..sim, sim te recomendo, e isso é um erro de projeto e não defeito como o aparelho não liga.. ^^"

    ResponderEliminar
  17. Boa, gostaria de saber se me podiam ajudar a fazer o Jailbreak no meu iphone 4 obrigado

    ResponderEliminar

[pub]