2013/04/03

Análise iPad Mini


Bem sabem que as análises sofreram bastante atrasos devido à chegada de um pequeno "gadget" chamado Daniel no início deste ano, mas... finalmente cá está a muita esperada análise ao iPad Mini.

É fácil esquecer o passado, e se agora o iPad mini já faz parte do quotidiano como sendo algo normal, importará relembrar que este mini-tablet poderia ser chamado de "o iPad que Steve Jobs disse que não fazia sentido", tecendo duras críticas aos mini-tablets Android, dizendo que os dedos dos utilizadores teriam que ter tamanho reduzido.

Durante a apresentação deste iPad Mini, a Apple tentou justificar-se dizendo que o facto de ter 7.9" em vez de 7" lhe dá uma área bastante superior (o que é verdade), mas ridiculamente tentando fazer passar que essa área permitiria ver mais conteúdo... esquecendo-se do facto que equipamentos como o Nexus 7 têm uma resolução superior à deste iPad Mini.


Mas vamos então ver que tal se comporta o iPad Mini.


iPad Mini


É impossível não ficar impressionado com o aspecto do iPad Mini. Não só pelos materiais e qualidade de construção, como também pelo aspecto mais moderno que o do iPad maior. Na verdade, este iPad mini mais se parece com um iPod Touch "Maxi", e com o qual partilha uma espessura ridiculamente fina: apenas 7.2mm; o que é "obra" num aparelho de 8" (e que me arrisco a dizer que será o objectivo da Apple a conseguir também no futuro iPad grande).

Sim, sou apologista de que a espessura reduzida não devia ser perseguida a qualquer custo, e que por vezes melhor seria ter mais 1 ou 2mm de espessura e ter uma autonomia mais alargada. Mas isso não faz com que deixe de ser impressionante pegar num aparelho como este.


A nível de processamento, o iPad Mini recai sobre o "velhinho" chip A5 do iPad 2 e quanto ao ecrã... também se fica pela resolução do iPad original da era pré-retina: 1024x768. Será este um dos pontos mais críticos a considerar na hora de tomar uma decisão, e cujo peso dependerá exclusivamente do valor que cada um der ao ecrã.

Para além disso, o iPad mini conta com câmaras de 5MP e 1.2MP. com vídeo FullHD 1080 na principal e Facetime HD (720p) na frontal, e tem versões WiFi e LTE.


Fotos e Vídeo


O iPad mini não será certamente a escolha para quem procura uma câmara fotográfica; no entanto, é capaz de tirar fotografias bastante decentes quando tal for necessário, assim como gravar vídeo Full HD, que no entanto não poderão ver com a sua qualidade total no ecrã (que nem é suficiente para nos mostrar vídeos 1280x720p).




Em Funcionamento


Não há grandes surpresas (ou melhor dizendo - nenhuma) a nível de funcionamento. Estamos perante um iPad... e como tal, comporta-se como um iPad. Tudo é feito sem grandes atrasos e com enorme fluidez (mesmo que não esteja ao nível do mais recente e actualizado iPad "4").


O ecrã é um retrocesso para quem já estiver habituado aos ecrãs "retina" dos novos iPads, iPhones e iPods Touch; mas como referi antes... é algo a que rapidamente nos habituamos. As diferenças serão mais notórias para quem estiver continuamente a alternar entre este iPad Mini e um iPhone, por exemplo, do que para quem tiver apenas este iPad mini e o usar sem outras referências. De qualquer forma, será de esperar que o próximo iPad mini já resolva este assunto... pois hoje em dia até parece mal termos algum equipamento onde se consigam ver os pixeis.





Um ponto que me surpreendeu - pela negativa - foi a smartcover oficial da Apple. Embora mantenha as propriedade magnéticas que facilitam a sua colocação/remoção, assim como a capacidade de desligar e ligar o iPad mini; ao contrário da versão para o iPad grande, aqui temos uma capa que não inspira grande durabilidade. Em vez das "dobradiças" em metal temos apenas o material da própria capa (que dá a sensação de se poder começar a rasgar ao final de algumas semanas de uso). E para além disso, a capa parece nem sequer ter a medida certa para o iPad mini, ficando empolada quando se pega no iPad mini pelas bordas.






Apreciação Final


Como referi anteriormente, não há grandes surpresas. Este iPad mini é exactamente aquilo que se esperava dele. Se no ecrã deixa a desejar face ao que seria desejado (na altura do seu lançamento não teria sido possível fabricar um ecrã de 7.9" "retina" em volume suficiente, ou com os custos desejados); por outro lado estamos perante uma pequena maravilha da engenharia a nível das suas dimensões e qualidade de construção.

Aliás, é a sua dimensão que será o principal elemento diferenciador, e que irá cativar todos aqueles que gostariam de ter um iPad que pudessem levar para todo o lado de forma mais confortável; e nesse sentido, a dimensão de 8" acaba por ser perfeita para a função a que se propõe. E com a "agravante" de que mesmo com a sua espessura reduzida, temos um iPad com autonomia para durar até... nos esquecermos de que é preciso carregá-lo.

Claro que há alternativas. Para quem não estiver dependente da plataforma e apps iOS, poderá espreitar tablets Android, que existem para todos os gostos e feitios, e com preços que podem ser cerca de metade deste iPad Mini (que começa nos 339€ - e nem sequer traz earphones). Mas para quem preferir o iOS... então não há sequer alternativas a considerar.

Por isso, mesmo com as suas limitações, o iPad mini sai daqui com um.


Apple iPad Mini

Pros
  • Qualidade de construção
  • Autonomia
  • Dimensões

Contras
  • Ecrã com resolução ultrapassada
  • Preço elevado
  • CPU de geração anterior


Galeria de Fotos







6 comentários:

  1. Comprei um desses como prenda de Natal para a minha esposa e não temos razões de queixas. Na altura ponderei a compra de um Nexus 7, bem mais barato e com resolução melhor. O que me fez optar pelo Mini foi a tela maior, a qualidade de construção melhor, o gasto menor em apps, pois se fosse adquirir as mesmas apps (no caso destas existirem para Android) seriam mais €70 a somar aos €250 do preço do Nexus com 3G, e por fim a maior facilidade de uso do iOS. Ela utiliza um Galaxy Ace e anda mais que farta dos travamentos do aparelho. Eu expliquei que os Androids mais caros portam-se infinitamente melhor, mas não houve acordo.
    O aparelho é absurdamente leve se comparado ao iPad maior. Acho-o bastante rápido e as bordas mais finas não só optimizam o tamanho como deixam o design mais bonito. Recomendo o aparelho,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa diferença (70€) é significativa!

      Já tem as apps para iOS, e os 70€ equivalem ao valor das mesmas para Android?

      (Ou)os 70€ são diferença entre o custo total das apps para cada SO?

      Eliminar
  2. Só tive oportunidade de brincar com um destes na loja e devo dizer que é um dos poucos aparelhos Apple que realmente me cativa, tem um toque espetacular, com aquele feel premium que uma pessoa gosta. O ecrã de 8'' é estranho à primeira vista, mas acaba por ser uma mais valia, com mais espaço para landscape.

    ResponderEliminar
  3. tenho um Ipad mini LTE e sem duvida que o tamanho é a vantagem face ao ipad maior. a espessura e a moldura nas laterais fazem com que seja possivel ser segurado com uma só mão pela maioria das pessoas. Uma vista rapida pelas caracteristicas e vemos que é uma boa alternaativa ao mais recente ipad. Não tao bom como o ultimo, obvio, mas melhor que o Ipad2. habituado já ao iphone, nota-se bem o facto de nao ser ecran retina, de resto o desempenho está dentro do que se espera. Nao desilude. Pelo contrario, o ios nos Ipads só tem a ganhar e foi uma bela surpresa ver o ios "versao" ipad. Muito melhor e mais facil de usar devido as vantagens obvias que um ecran maior oferece. Tive mais uma ou outra agradavel surpresa visto que nunca tinha tido nenhum contacto com ipads anteriormente. Pequenos detalhes como os Gestos Multitarefa, e a possibilidade de as capas magneticas desligarem e ligarem o ipad conforme sao fechadas ou abertas.

    Contras: ecran nao ser retina, apesar de nao ser realmente um problema. O suposto revestimento oleofobico resistente a impressoes digitais no meu parece ter sido esquecido.

    Em relacao à Smartcover, nao tenho original, tenho a InteliCase da Griffin. É como uma Smartcase da apple e tem se aguentado bem, sem rasgos ou sinais de fragilidade.

    ResponderEliminar
  4. Em questões de analise, qual o valor numerário ou percentual, é atribuido a cada factor?!?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficou decidido logo desde o início que não iria fazer reviews ao estilo do que se encontra na internet, com análises "analíticas", cheias de medições concretas, pontuações e avaliações percentuais. Isso é algo que se pode encontrar com fartura pesquisando no Google.

      Aqui tento focar-me naquilo nas impressões de utilização - que (espero eu) vão mais de encontro aos sentimentos que as pessoas terão ao usar estes equipamentos no dia a dia.

      Eliminar

[pub]